JUSTIÇA

Com base na Lei de Execução Penal, Lula é autorizado a comparecer ao velório do neto

O ex-presidente Lula está preso em Curitiba e seguirá para São Paulo em uma aeronave do governo do Paraná

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 01/03/2019 às 17:15
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comparecerá ao velório e ao enterro do neto Arthur Araújo Lula da Silva, que morreu no início da tarde desta sexta-feira (1°), vítima de meningite meningocócica.

A autorização para a saída temporária da prisão em Curitiba foi concedida com base na Lei de Execução Penal, que concede a liberação de presos temporariamente para velórios e enterros de familiares, incluindo descendentes.

Lula irá até São Paulo, onde o neto será cremado neste sábado (2) no Cemitério da Colina, localizado em São Bernardo do Campo, em uma aeronave do governo do Paraná, cedida a pedido da Polícia Federal, pelo governador Ratinho Júnior (PSD).

Falecimento

O neto do ex-presidente Lula, de apenas sete anos. Arthur Araújo Lula da Silva morreu no início da tarde desta sexta-feira (1º) no Hospital Bartira, em Santo André. Arthur era o quinto dos seis netos do ex-presidente. Ele nasceu em 2012, em São Paulo, quando Lula fazia um tratamento contra o câncer na laringe, depois de deixar a Presidência da República.

Arthur é filho de Marlene Araujo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho do meio de Lula com Marisa Letícia.

Mais Lidas