NO TWITTER

Eduardo Bolsonaro justifica post sobre saída de Lula para enterro do neto


Eduardo fez publicação no Twitter criticando a saída do ex-presidente Lula para ir ao velório do neto

Informações do JC online
Informações do JC online
Publicado em 02/03/2019 às 16:20
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho de Jair Bolsonaro, explicou no Twitter o comentário que fez sobre a saída do ex-presidente Lula (PT) da carceragem da Polícia Federal para ir ao velório do neto Arthur, que faleceu na última sexta-feira. Eduardo publicou que a saída coloca o petista "em voga posando de coitado". Após repercussão negativa, o deputado escreveu, neste sábado (2), que não concorda com a saída do petista por uma questão de "isonomia" com os demais presos, mas que a morte da criança é "um fato lamentável e indesejável".

O comentário foi feito no Twitter, em resposta do deputado a um usuário que publicou uma enquete a seus seguidores para opinarem sobre o tema. "Lula é preso comum e deveria estar num presídio comum", escreveu Eduardo. "Quando o parente de outro preso morrer ele também será escoltado pela PF para o enterro? Absurdo até se cogitar isso, só deixa o larápio em voga posando de coitado."

HUMBERTO COSTA

A fala de Eduardo Bolsonaro gerou indignação no senador Humberto Costa, líder do PT no Senado, que reagiu duramente à crítica do deputado federal. "É um sociopata desqualificado à espera de tratamento. Não há novidade nisso. Mas, para tudo, há limites. E essa raça de víboras que não respeita o sofrimento humano vai responder por essa agressão inominável", escreveu o petista, também no Twitter.

O ex-presidente Lula acompanhou o velório na manhã deste sábado (2). Ele já está retornando à carceragem da PF em Curitiba, após acompanhar a cremação do corpo de seu quinto neto, que morreu aos 7 anos por causa de uma meningite meningocócica.


Mais Lidas