play_circle_outline
Balanço de Notícias

Wagner Gomes e Igor Maciel

access_time

18:00

A Hora do Ângelus

Ave Maria

access_time

18:05

Bola Rolando

Ednaldo Santos

play_circle_outline
Balanço de Notícias

Wagner Gomes e Igor Maciel

access_time

18:00

A Hora do Ângelus

Ave Maria

access_time

18:05

Bola Rolando

Ednaldo Santos

search close
ESTRADAS

Operação Semana Santa: PRF espera aumento de 50% no fluxo de veículos

Operação Semana Santa da PRF irá reforçar segurança nas estradas até o próximo domingo (21)

Operação Semana Santa: PRF espera aumento de 50% no fluxo de veículos
A Operação Semana Santa segue até o final do domingo para garantir o retorno com segurança - Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

A Operação Semana Santa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai reforçar a segurança das estradas que levam aos principais destinos pernambucano neste período. Até o próximo domingo (21), a PRF vai intensificar a fiscalização na BR-232 no sentido dos municípios de Gravatá, Bezerros e Caruaru, no Agreste de Pernambuco, e na BR-104, que dá acesso a PE-145, em direção ao Teatro de Nova Jerusalém.

A estimativa é que aumente em cerca de 50% o fluxo de veículos. "A BR-232 recebe cerca de 30 mil veículos por dia e pode chegar até 45 mil, principalmente na saída [do Recife] e no retorno do feriado”, apontou Cristiano Mendonça, assessor de comunicação da PRF.

A Polícia Rodoviária Federal dá orientações para que o motorista faça uma viagem segura. “É importante que ele verifique se está em condições de trafegar com segurança, que ele esteja bem descansado para assumir a direção do veículo, que faça a revisão nos itens principais do automóvel e mantenha bastante atenção durante a viagem. A gente recomenda também que ele mantenha uma distância segura dos outros veículos e respeite a sinalização”, destacou Cristiano Mendonça.

Confira os detalhes na entrevista:

Autuações frequentes 

De acordo com o assessor, em períodos de feriados, a embriaguez ao volante ainda é uma das autuações mais frequentes. “Todo feriado fazemos o trabalho para coibir esse tipo de autuação. Estaremos atuando com a equipe da Lei Seca, para reforçar. Há também problemas com documentação do veículo, falta do cinto de segurança, falta de cadeirinha para crianças”, disse.  


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.