VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

PE registra 15 casos de feminicídio no primeiro trimestre de 2019


O número é menor, se comparado ao mesmo período de 2018. Entretanto, o número de queixas de violência doméstica contra a mulher aumentou no mesmo período

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 15/04/2019 às 11:09
Artes/JC
FOTO: Artes/JC
Leitura:

Das 896 pessoas mortas em Pernambuco no primeiro trimestre de 2019, 49 foram mulheres. Deste total, quinze crimes foram classificados como feminicídios, sendo três no mês de março. Segundo a Secretaria de Defesa (SDS), isso representa uma queda de 57,1% nesse tipo homicídio em relação ao mesmo mês de 2018, quando sete casos foram registrados.

Entre janeiro e março de 2018, dezoito feminicídios foram registrados. De acordo com a secretaria, 2019 teve o março com menor estatística desde o mesmo mês de 2008, quando tivemos 16 vítimas. A contagem é feita desde 2004.

Em 2018, 241 mulheres foram mortas em Pernambuco. Destas, 83 foram vítimas de feminicídio.

Estupros

Os dados divulgados pela SDS também indicam que o número de casos de estupro diminuíram quando comparamos os três primeiros meses de 2019 com o mesmo período de 2018 ou quando levamos apenas março dos dois anos em consideração.

De 1º de janeiro até 31 de março de 2019, 519 queixas desse tipo de crime foram prestadas, contra 647 no mesmo período de 2018. Os 128 casos a menos representam um declínio de 19,78%. Quando o foco se dá em março passado, a retração dessa violência sexual foi de 13,81%: passou de 210, em 2018, para 181 notificações em 2019.

Violência doméstica

Quando falamos das queixas de violência doméstica contra a mulher, os números aumentaram, tanto no comparativo do mês de março quanto na análise do 1º trimestre do ano de 2019.

De acordo com a SDS, foram 3.681 casos reportados à polícia no mês passado, contra 3.615 registros no mesmo período de 2018, ou seja, 66 denúncias a mais.No recorte trimestral, houve 8,96% de crescimento no comparativo de janeiro a março deste ano com o período análogo de 2018 (subiu de 9.783 para 10.660, o que significa uma diferença de 877 notificações para mais).


Mais Lidas