TIMBAÚBA

Pastor é morto por outro pastor após briga por conta da bíblia

A briga entre os pastores teria iniciado ainda dentro da igreja, no bairro Alto do Cruzeiro, em Timbaúba

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 29/05/2019 às 14:29
Reprodução/ Facebook
FOTO: Reprodução/ Facebook
Leitura:

Um pastor foi preso suspeito de matar outro pastor na madrugada desta quarta-feira (29), bairro Alto do Cruzeiro, em Timbaúba, na Zona da Mata Norte do Estado. De acordo com a polícia, a vítima e o autor eram pastores de uma igreja pentecostal e iniciaram uma discussão ainda dentro da igreja por conta da bíblia.

O suspeito, José Carlos da Silva, de 52 anos, teria pego uma faca para agredir Paulo Germano da Silva, de 58 anos. A vítima tentou correr para o lado de fora da igreja, mas foi morto a facadas e pedradas.

Prisão em flagrante

O corpo do pastor foi levado para o IML, no Recife. O suspeito foi preso em flagrante na casa de uma irmã e confessou o crime. José Carlos está preso na Delegacia de Timbaúba e deve ser conduzido para audiência de custódia nesta quinta-feira (30).

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o suspeito foi preso em flagrante pelo crime de homicídio.

"A Polícia Civil prendeu em flagrante a pessoa de José Carlos da Silva, 52 anos, pelo crime de homicídio que teve como vitima, Paulo Germano da Silva, 58 anos, ocorrido por volta das 05h da manhã desta quarta (29), bairro do Cruzeiro, Timbaúba. Segundo informações preliminares, a vitima e o autor eram pastores e após desentendimentos sobre a palavra de Deus, o autuado passou a desferir golpes de faca contra a vitima que tentou fugir, mas o autuado, mais uma vez, alcançou a vitima e passou a agredi-lo com uma pedra, vindo a óbito no local. Após, as formalidades o autuado será encaminhado para audiência de custódia."

Mais Lidas