RECUPERAÇÃO

Agnaldo Timóteo sai do coma induzido e respira sem ajuda de aparelhos

O cantor Agnaldo Timóteo está internado desde o dia 20 de maio, após sofrer um AVC

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 31/05/2019 às 16:29
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

O cantor Agnaldo Timóteo, de 82 anos, saiu do coma induzido e respira sem a ajuda de aparelhos. Segundo o boletim médico divulgado pelo Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador (BA), nesta sexta-feira (31), os sedativos foram retirados na noite desta quinta.

Agnaldo Timóteo foi transferido para o Hospital Geral Roberto Santos no dia 21 de maio após sofrer, no dia 20, um acidentes vascular cerebral (AVC). Na última terça-feira (28), o quadro clínico do cantor se agravou, após uma infecção urinária e outras complicações, o que levou o artista ao coma induzido. Ele respirava com a ajuda de aparelhos.

Na manhã desta sexta, Marcio Gomes, amigo de Agnaldo Timóteo e do comunicador Geraldo Freire, falou sobre o estado de saúde do cantor. "Graças a Deus está tendo uma melhora considerável (...) Continuemos em oração e o pronto restabelecimento do nosso grande amigo e ídolo será breve", disse. Ouça:

Confira a nota completa:

Agnaldo Timóteo está evoluindo em processo gradativo de melhora clínica. Ontem, à noite, foram suspensos os sedativos e, hoje, por volta de 12h, o paciente foi submetido, com sucesso, ao procedimento de extubação, estando, assim, respirando sem ajuda de aparelhos.

Agnaldo está internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador.

Internado após AVC

O cantor deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barreiras, no interior da Bahia, no dia 20 de maio, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Na ocasião, ele estava com pressão alta, vômito e glicemia baixa.

No dia em que passou mal, Agnaldo iria realizar uma apresentação na cidade de Santa Rita de Cássia (BA) e precisou cancelar o show horas antes.

Agnaldo Timóteo foi transferido para o Hospital Geral Roberto Santos no dia 21 de maio. Na última terça-feira (28), o quadro clínico do cantor se agravou, após uma infecção urinária e outras complicações, o que levou o artista ao coma induzido. Ele respirar com a ajuda de aparelhos.

Na manhã desta quarta-feira, um outro boletim apontou uma "discreta melhora" no quadro de saúde do cantor.

Mais Lidas