VIOLÊNCIA

Polícia procura suspeitos de envolvimento na morte de comerciante em Paudalho


O sequestro seguido de morte da comerciante teria sido cometido para punir o marido da vítima, que teria roubado uma carga de drogas do grupo

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 06/06/2019 às 14:52
Divulgação/ Polícia Civil
FOTO: Divulgação/ Polícia Civil
Leitura:

A Polícia Civil divulgou, nesta quinta-feira (6), os detalhes da operação Terra Vermelha, que desarticulou a quadrilha responsável pela morte e sequestro da comerciante evangélica Jussara Maria da Silva Pereira, de 33 anos, no município de Paudalho, na Zona da Mata Norte do Estado, em fevereiro deste ano, está prestes a ser solucionado.

Até o momento, a polícia continua fazendo buscas aos restos mortais de Jussara. Ainda continuam foragidos Paulo Henrique Silva Gomes, conhecido como Buchada, e Lucas Alves de Lima, vulgo Caolho.

Jussara Maria da Silva Pereira, de 33 anos, teve a casa invadida por quatro homens, na zona rural de Paudalho, em 13 de fevereiro, de 2019, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, os criminosos chegaram em um Jeep Renegade preto.

De acordo com as investigações realizadas pela Polícia Civil, as motivações do sequestro seguido de morte da comerciante se deram por conta de um roubo de carga de drogas de uma organização criminosa, no qual o marido da vítima tinha envolvimento.

Confira os detalhes na reportagem de Felipe Rocha:

Prisões

Jussara está desaparecida desde 13 de fevereiro.
Jussara foi sequestrada no dia 13 de fevereiro
Reprodução/TV Jornal

Ao todo, onze pessoas estão presas e um menor foi apreendido pela participação na quadrilha ou envolvimento no sequestro.

Entre eles, Anderson Carlos Coelho de Brito, Waldisney Batista de Moura, Genilson Francisco da Cunha, Marcos Rafael Pereira e Clebson Roberto da Silva, que já estavam cumprindo pena no sistema prisional.

O delegado titular do Grupo de Operações Especiais (GOE), Paulo Berenguer, responsável pelas investigações, detalha as motivações do crime. "O marido de Jussara juntamento com seu comparsa, Clebson, encomendaram uma carga de drogas para outros três presidiários, Anderson Coelho, Genilson e Waldisney. No curso da entrega da carga, ela foi saqueada, gerando uma dívida de R$ 45 mil. Foram 2 kg de cocaína e 4 kg de maconha. Os vendedores da droga, como forma de forçar, sequestraram a senhora Jussara o que acabou resultando em sua morte", contou.

Ainda segundo a investigação, Marcos Rafael já tinha o histórico de articular o roubo das cargas antes da entrega ao receptor.

O delegado Paulo Berenguer explica a divisão da organização criminosa.

Confira a lista completa dos presos na operação Terra Vermelha

Anderson Carlos Coelho de Brito, vulgo Piu-piu

Waldisney Batista de Moura, vulgo Waldiney

Genilson Francisco da Silva, vulgo Neguinho de Cupira

Marcos Rafael Pereira, vulgo Paudalho

Clebson Roberto da Silva Santana, vulgo Keu ou Queuqe

João Carlos da Silva Moraes

Lucas Roberto da Silva

Geyse Lauanne da Silva

Elyda Eduarda Cordeiro de Araújo

Eduarda Fernanda do Nascimento Souza

Douglas José do Nascimento, vulgo Cajá


Mais Lidas