play_circle_outline
Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

access_time

02:40

Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

play_circle_outline
Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

access_time

02:40

Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

search close
SAÚDE

SES lança novo calendário vacinal para combater o sarampo

Crianças a partir de 6 meses de idade terão que ser vacinadas

SES lança novo calendário vacinal para combater o sarampo
Crianças a partir de 6 meses de idade terão que ser vacinadas - Foto: Divulgação

Após a confirmação de quatro casos de sarampo em Pernambuco, sendo dois no Recife e dois em Caruaru, no Agreste do Estado, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) decidiu fazer um novo calendário vacinal para as crianças com idade de 6 meses a menores de 1 ano. Esse público já recebe a dose com 12 meses e com 15 meses, mas agora, diante da confirmação destes quatro casos, as crianças estarão recebendo as doses a partir dos seis meses de idade.

A superintendente de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Catarina de Melo, explica a participação desse público no esquema vacinal.

"Esse grupo está sendo contemplado porque o sarampo é muito grave nessa faixa etária. Como é um grupo que está mais suscetível, porque é um grupo que não adoeceu e é um grupo que não se vacinou, porque a vacina é ofertada aos 12 e aos 15 meses, em casos que tenha a circulação maior do vírus, a gente começa a pensar em vacinar esse grupo”, disse.

Ela também faz um alerta para que as crianças cumpram toda a programação vacinal.

“É importante lembrar que a criança que estiver entre 6 e 11 meses de vida, precisa receber essa dose. No entanto, ela tem que fazer a dose de 12 meses e também a de 15 meses. Isso não podemos deixar de fazer”, afirmou.

Segundo Ana Catarina, inicialmente a medida vai contemplar apenas alguns municípios que apresentaram maior risco de casos do sarampo.

“Serão contemplados o Recife, Paulista, Bezerros, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho e Salgueiro. Esses são municípios que estão com mais casos, ou com casos em investigação, por isso a gente está começando por esses municípios e avaliando todos os dias para ver se vai ter a inclusão de um novo município”, concluiu.


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.