Investigação

PF investiga mochila com produto químico deixada em prédio da Justiça


Fórum Desembargador Neves Filho precisou ser evacuado após pessoas apresentarem irritação nos olhos e vias aéreas

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 08/10/2019 às 8:45
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Quem esteve, na tarde de segunda-feira (7), no Fórum Desembargador Neves Filho, na Avenida Dantas Barreto, Centro do Recife, levou um baita susto. Todos precisaram deixar o local depois que uma mochila foi abandonada no prédio. Dentro dela, havia um solvente diluído em uma esponja, que acabou irritando os olhos e também as vias aéreas de todos que tiveram contato com essa mochila.

A Polícia Federal agora quer saber quem foi o responsável por esse tumulto e investiga o caso. O chefe de comunicação da PF, em Pernambuco, Giovani Santoro, diz que que ainda não se descobriu que tipo de substância estava dentro da mochila.

“Ainda não sabe que produto é esse, haja vista que esse material foi coletado, o local foi isolado, retirado com bastante segurança pelo nosso grupo de bombas explosivas e também pelo Corpo de Bombeiros. Vai ser encaminhado agora para o INC, que é o Instituto Nacional de Criminalística, a fim de que eles possam então agora apontar que substância é essa, que que quando essa bolsa foi aberta, esse vapor claro subiu e provocou irritação nos olhos como na via aérea das pessoas.”

Na bolsa não havia nenhum tipo de explosivo, mas dentro dela havia um notebook, um tablet, dois aparelhos celulares e também algumas cartas. A perícia na mochila poderá indicar quem é o responsável por ela.


Mais Lidas