CUIDADO

Campanha conscientiza sobre vandalismo nos mercados do Recife


A campanha "Mercado, eu curto, eu cuido" teve início no Mercado da Encruzilhada

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 28/11/2019 às 13:16
Day Santos/ JC Imagem
FOTO: Day Santos/ JC Imagem
Leitura:

Os atos de vandalismo nos mercados públicos levaram a Prefeitura do Recife a criar uma campanha de conscientização. A ação teve início nesta quinta-feira (28), no Mercado da Encruzilhada, na Zona Norte da capital pernambucana. A campanha “Mercado, eu curto, eu cuido” distribuiu panfletos e contou com a apresentação de arte-educadores.

A ideia, segundo a presidente da Autarquia de Serviços Urbanos (CSURB), Berenice Andrade Lima, é inibir o vandalismo nos mercados que custam anualmente mais de R$ 350 mil aos cofres públicos. “A gente tem gasto uma quantia elevada para reparar danos de ações de vândalos, quando esse dinheiro podia ser investido para requalificar outro mercado”, disse.

A medida foi aprovada. “Muita gente agora vai começar a vir ao mercado. Eu achei uma iniciativa ótima da prefeitura e espero que se repita”, comentou o comerciante Paulo Fernando.

A campanha

O slogan da campanha, "Mercado, eu curto, eu cuido", e suas variações estarão adesivados em mesas, banheiros e corredores, em um chamamento para que todos participem deste esforço de combate ao vandalismo. Nos boxes dos permissionários, serão afixados adesivos feitos especialmente para gerar engajamento: “Mercado, eu curto, eu cuido. Também tô nessa”. As letras coloridas em todos os adesivos simbolizam a grande diversidade presente nos mercados públicos da cidade.

Os banheiros femininos e, sobretudo, os masculinos, terão atenção especial. Serão aplicados vários adesivos, lembrando o que, apesar de obvio, é constantemente ignorado: lugar de lixo é na lixeira. Com bom humor, as peças publicitárias irão indicar aos homens a acertarem o alvo que estará aplicado nos mictórios.

Os próximos mercados públicos a receberem a iniciativa vão ser os de Casa Amarela, Madalena, Boa Vista, São José e Cordeiro.


Mais Lidas