COMBATE AO CORONAVÍRUS

Mototaxistas continuam trabalhando mesmo com decreto do governo que proíbe o transporte


O governador Paulo Câmara proibiu, nesta segunda-feira, o transporte de mototaxista para evitar contaminação do novo coronavírus

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 24/03/2020 às 15:40
JC Imagem
FOTO: JC Imagem
Leitura:

O decreto anunciado nesta segunda-feira (23) pelo governador Paulo Câmara proibiu o transporte de mototaxistas como estratégia de enfrentamento ao novo coronavírus. No entanto, nesta terça-feira (24), alguns pontos do Recife ainda era possível ver mototaxistas.

No bairro de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife, os mototaxistas estavam informando que estavam trabalhando normalmente. Muitos deles só têm essa renda.

No entanto, é importante entender o risco desse tipo de transporte na contaminação do novo coronavírus, já que há o compartilhamento do capacete com várias pessoas.

Mototaxista critica medida

Em entrevista à TV Jornal, o motoqueiro Álvaro trabalha há treze anos e depende da fonte de renda. “Não só eu como milhares de mototaxistas (...) Não sei por qual motivo o governador tomou essa decisão, sem pesquisar a população e os profissionais da área. Tudo bem, o momento que estamos vivendo é crítico, precisamos de uma intervenção, mas sabemos que tem o lado financeiro. Senhor governador, o que o senhor vai fazer com esses milhares de mototaxistas parados inclusive no interior, que a situação é mais crítica?”, questionou.

O mototaxista garante que está mantendo a higienização dos capacetes. “Temos uma cliente farmacêutica e conseguiu [álcool a 70] para nós. Nos reunimos, fizemos uma vaquinha e compramos”, disse. Segundo ele, já é possível perceber a queda no movimento.


Mais Lidas