combate ao coronavírus

Pernambuco prorroga até 30 de abril fechamento do comércio

Além do comércio, atividades não essenciais também ficarão fechadas em Pernambuco pelo menos prazo

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 17/04/2020 às 17:34
Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

O governador Paulo Câmara decidiu, nesta sexta-feira (17), prorrogar o fechamento do comércio e das demais atividades não classificadas como essenciais durante a pandemia do novo Coronavírus par ao dia 30 de abril. A medida foi tomada como forma de reduzir o avanço do novo coronavírus em Pernambuco.

Continuam abertos, entre outros, serviços relacionados à alimentação, como supermercados, padarias mercadinhos; casas de ração animal; farmácias e depósitos de água mineral e gás; além de hospitais e serviços de abastecimento de água, gás, energia e internet.

Oficinas mecânicas, lojas de assistência técnicas, lojas de defensivo e insumos agrícolas, bancos e serviços financeiros, lavanderias, serviços urgentes de manutenção predial e prevenção de incêndio, atividades decorrentes de contratos de obras particulares que estejam relacionadas à situação de emergência e atividades prestadas por concessionários de serviços públicos também podem seguir funcionando.

Coronavírus em Pernambuco

Em boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (17), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgou os novos números do coronavírus em Pernambuco. Agora, são mais 323 novos casos da covid-19, totalizando 2.006 casos da doença no estado, e 26 novas mortes, que totalizam 186 mortes.

Mais Lidas