RISCO

PF alerta para golpe que promete liberação imediata do auxílio emergencial

A corrida pelo auxílio emergencial no valor de R$ 600 levou criminosos a criarem uma nova forma de aplicar golpes na população

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 27/04/2020 às 13:53
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

A Polícia Federal alerta para um novo golpe que promete aprovação imediata de auxílio emergencial de R$ 600. O link com a armadilha começou a circular nas redes sociais prometendo o desbloqueio imediato do auxílio emergencial que esteja com alguma pendência, bastando apenas preencher algumas informações pessoais.

Para dar veracidade à mensagem, os golpistas exibem relatos falsos em redes sociais de supostas pessoas que já tiveram suas pendências resolvidas com a liberação dos valores do auxílio emergencial. Os bandidos também atrelam as atuais logomarcas do Governo Federal e da Caixa Econômica Federal para dar mais credibilidade ao golpe. A vítima ainda é incentivada a compartilhar o link com todos os contatos do WhatsApp e é informada que vai receber em dentro de três a cinco minutos uma mensagem via SMS confirmando a liberação.

Ao clicar na mensagem falsa, a vítima é direcionada a responder um questionário em que é perguntado o nome sem abreviações, a data de nascimento, o contato telefônico, se é trabalhador informal, microempreendedor ou contribuinte do INSS e se deseja fazer o saque em casa lotérica ou depósito em conta.

O chefe da comunicação da Polícia Federal de Pernambuco, Giovani Santoro, relata o que acontece com os dados das vítimas após os golpistas terem acesso às informações. “Com essas informações bancárias [o golpista] pode sacar valores do Bolsa Família, do FGTS, abrir contas em bancos virtuais e a partir daí ter direito a cartão de crédito e empréstimo bancário”, disse.

Como se proteger

Giovani Santoro relata como as pessoas podem se proteger do golpe. “Nunca clicar nesses links sem saber se é oficial. De cara, a Caixa Econômica Federal e DataPrev, que são responsáveis pela análise dessa documentação e desbloqueio, já informaram que não abordam as pessoas desse jeito e que esse tipo de abordagem é falsa. Outra coisa importante também é não preencher nenhum cadastro com os dados financeiros, informações pessoais e jamais passar contato telefônico num site desse que a pessoa não sabe a procedência”, alertou.

A Polícia Federal diz que os golpistas se aproveitam de um momento difícil da população para conseguir aplicar os golpes. No entanto, o efetivo informa que grande parte dos links que foram utilizados para aplicação dos crimes já foram bloqueados.

Mais Lidas