CONTROLE

Feira da Sulanca tem fiscalização reforçada após quarentena em Caruaru


Caruaru e Bezerros ficaram durante dez dias em isolamento mais rígido devido aos altos números de coronavírus

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 06/07/2020 às 14:17
Renata Araujo/TV Jornal Interior
FOTO: Renata Araujo/TV Jornal Interior
Leitura:

Nesta segunda-feira (6), a Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, tem fiscalização reforçada. No entanto, o número de comerciantes também é grande. Eles alegam que precisam trabalhar e que precisam do dinheiro das vendas para se sustentar.

O major Gibson, chefe da sessão de operações do 1º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), destacou que mesmo após o isolamento rígido, a fiscalização continuará forte, especialmente a Feira da Sulanca. “As nossas ações vão se refletir na realização da Feira da Sulanca. O Parque 18 de Maio está sendo bem policiado”, garantiu.

Fim da Operação Quarentena

A Operação Quarentena, que determina um período de isolamento mais rígido, terminou, nesta segunda-feira (6), nas cidades de Caruaru e Bezerros, no Agreste do Estado. Com o fim dos dez dias, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) foi identificado uma redução no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), que é a forma grande da Covid-19, nas duas cidades.

Por conta da redução, além do funcionamento dos serviços essenciais, da construção civil com capacidade de 50% e do segmento industrial, o comércio atacadista, com exceção dos que estão localizados no entorno do Parque 18 de Maio, onde fica a Feira da Sulanca, também foi liberado para retomar as atividades nas duas cidades.


Mais Lidas