Menina de um ano e seis meses morre afogada em cisterna em Olinda

Família encontrou o corpo da criança boiando na cisterna; menina chegou a ser socorrida, mas não resistiu

FATALIDADE
Menina de um ano e seis meses morre afogada em cisterna em Olinda

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML - Foto: Reprodução/TV Jornal

 

Uma menina de um ano e seis meses morreu afogada após cair em uma cisterna no bairro de Salgadinho, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, nesta terça-feira (14). Segundo a polícia, a criança estava sob os cuidados do irmão, um adolescente de 14 anos.

A mãe, uma dona de casa de 29 anos, havia saído de casa para ir à farmácia, segundo relatou o delegado Gilmar Rodrigues. “A informação no local é de que a mãe saiu para comprar alguns objetos, inclusive fraldas para essa criança, e deixou [o bebê] com o filho de 14 anos. Ao retornar, ela não localizou a criança. Todos ficaram preocupados, procurando e aí chegaram também a avó e o pai da criança. Após alguns minutos encontraram o corpo da criança boiando, dentro da cisterna que pertence à própria residência da vítima”, contou.

De acordo com o delegado, a primeira hipótese é de que a criança tenha se afogado após um descuido do irmão, mas o caso foi registrado como morte a esclarecer. “Esse procedimento de morte a esclarecer é para saber quem são os culpados, se é que tem, se existe alguém que vai responder dolosamente isso é o delegado que vai presidir esse inquérito [quem vai apontar]”, disse.

Socorro

Toda a comunidade se mobilizou para encontrar a criança e, após uma hora de buscas, o corpo da menina foi encontrado boiando na cisterna localizada no quintal da casa da família.

A menina chegou a ser socorrida para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central do Recife, mas não resistiu.

A mãe da criança prestou queixa na Central de Plantões da Capital. O corpo da menina está no Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Recife.  

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.