Operação Canoa

Operação da Polícia Civil mira tráfico de drogas, homicídios e porte ilegal de armas em Pernambuco


As investigações da Operação Canoa começaram em junho deste ano

Carol Coimbra
Carol Coimbra
Publicado em 26/08/2020 às 7:43
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, na manhã desta quarta-feira (26), a Operação Canoas. O objetivo é cumprir oito mandados de prisão, nove de busca e apreensão domiciliar e dois mandados de busca e apreensão de adolescentes. As incumbências foram expedidas pela Vara da Infância e Juventude de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. Os presos e todo o material apreendido estão sendo levados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE) que fica no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife.

A investigação começou em junho de 2020, e os alvos da operação são investigados pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo.

A operação mobiliza 100 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães.

Ouça a reportagem de Chinthia Ferreira:


Mais Lidas