TJPE decreta prisão preventiva do major da PM e do policial penal envolvidos em tiroteio no Recife

O tiroteio aconteceu na noite do sábado (5), em Boa viagem

PRISãO
TJPE decreta prisão preventiva do major da PM e do policial penal envolvidos em tiroteio no Recife

Viaturas da Polícia Militar estiveram no bar em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife - Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decretou a prisão preventiva do major da Polícia Militar e do policial penal envolvidos em um tiroteio que deixou dois mortos e cinco feridos, em um bar no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, na noite do última sábado (5).

> Duas pessoas morrem após discussão entre major da PM e agente penitenciário terminar em tiroteio no Recife

> SDS instaura inquérito policial para investigar tiroteio entre major da PM e agente penitenciário no Recife

Na manhã desta segunda-feira (7), a rua onde o crime aconteceu estava vazia e com moradores assustados. Segundo testemunhas, a briga foi entre o policial penal Ricardo de Queiroz Costa, que já estava no bar, e o major da PM José Dinamérico Barbosa Filho, que chegou depois e pediu uma mesa. 

Segundo as informações, o agente não teria gostado dos olhares do major para sua esposa. Por isso, os dois começaram a discutir. "Foi uma correria muito grande, porque todo mundo estava bebendo tranquilamente. Quando começou o tiroteio, as pessoas começaram correr", relata um dos moradores do local que não quis se identificar. 

Vítimas

Durante a troca de tiros, duas pessoas morreram e três ficaram feridas e estão internadas. O policial penal foi atingido por três tiros e o major da PM foi baleado com um  disparo de arma de fogo. Ambos estão internados em uma hospital particular do Recife. 

Ouça a reportagem na íntegra:

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.