Em entrevista, Damares diz que menina de 10 anos estuprada pelo tio deveria ter feito cesária

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse a declaração no programa Conversa com Bial

ENTREVISTA
Em entrevista, Damares diz que menina de 10 anos estuprada pelo tio deveria ter feito cesária

Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves - Foto: Agência Brasil

Em entrevista ao apresentador Pedro Bial, nessa quinta-feira (17), a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse que a menina, de 10 anos, que foi estuprada pelo tio, no Espirito Santo, deveria ter levado a gravidez adiante e feito uma cesárea. 

"Eu acredito que o que estava no ventre daquela menina era uma criança com quase seis meses de idade e que poderia ter sobrevivido", explicou.  

Damares também defendeu que a criança fizesse uma césaria. "Mais duas semanas poderia ter sido feita uma cirurgia cesárea nessa menina, tirar a criança, colocar numa encubadora. Se sobreviver, sobreviveu. Se não, teve uma morte digna”, disse a ministra.

As declarações foram feitas por live, para o programa Conversa com Bial, da TV Globo. Na ocasião, Damares também falou sobre a investigação de dois de seus assessores que são suspeitos de terem vazado a identidade e a localização da menina. 

Relembre o caso

A menina de dez anos da cidade de São Mateus, no Espírito Santo, engravidou após ser estuprada pelo tio desde o seis anos de idade. O homem suspeito do crime foi preso no final de agosto, em Betim (MG)

Após decisão judicial que autorizou o aborto,  a criança chegou a ser internada em seu estado de origem, mas a equipe médica do Programa de Atendimento as Vítimas de Violência Sexual (Pavivi) de Vitória se recusou a realizar o procedimento. Por causa disso, a vítima veio para Pernambuco, para realizar o procedimento de interrupção no Centro Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), no Recife.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.