Rodoviários voltam a protestar e paralisam ônibus no Centro do Recife

Os manifestantes protestam contra a dupla função e a demissão dos cobradores; entenda

PROTESTO
Rodoviários voltam a protestar e paralisam ônibus no Centro do Recife

O presidente falou que a previsão é que a paralisação dure por toda a manhã desta terça-feira. - Foto: Felipe Ribeiro/JC IMAGEM

Os rodoviários voltaram a realizar manifestações nesta terça-feira (13) no Centro do Recife. O motivo do protesto, segundo os manifestantes, é a dupla função exercida pelos motoristas e as demissões dos cobradores.

 Os veículos estão parados na Rua do Sol com a Avenida Guararapes e no Cruzamento da Avenida Conde da Boa Vista com a Rua da Aurora, no Centro do Recife.

 Várias pessoas estão revoltadas com as manifestações. Devido aos protestos, muitos passageiros precisaram descer antes da sua parada e ir caminhando até o destino.

De acordo com alguns passageiros, a causa do ato é justa, mas o alvo seria errado, pois quem está sendo punido é a população.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários do Recife e Região Metropolitana, Aldo Lima, explicou que é preciso que a população entenda a motivação do ato.

“Pedimos à população compreensão e agradecemos também o apoio por entender que a nossa causa é justa. Nós estamos lutando aqui pela manutenção dos empregos de quase 5 a 7 mil pais e mães de família, que inclusive boa parte desses trabalhadores já perderam os empregos” explicou.

Segundo Aldo, esta terça (13) foi a data escolhida para a realização do protesto devido a uma votação que haverá na Câmara Municipal do Recife.

“Hoje vai ser votado na Câmara Municipal de Recife, marcado para as 10h, a votação do PLO, Projeto de Lei Ordinário 05 de 2019 que proíbe a dupla função. O objetivo desse protesto é para que os parlamentares se solidarizem pela situação dos trabalhadores e votem a favor do PL 05” contou.

Dupla função

De acordo o presidente, à dupla função de um funcionário pode ser bastante perigosa, pois o motorista que deveria ter uma atenção exclusiva a direção irá precisar dar atenção ao desembarque e embarque, ao troco, etc.

“A dupla função não é avanço mas sim o maior retrocesso no sistema do transporte público” afirmou.

Retorno das atividades

O presidente falou que a previsão é que a paralisação dure por toda a manhã desta terça-feira. Assim que sair o resultado da votação, que está marcada para as 10h, ele afirmou que os ônibus voltarão à normalidade.

De acordo com Aldo, caso o resultado não for favorável, haverá uma conversa entre os rodoviários para decidir o que será feito.

Locais da paralisação

A manifestação também está acontecendo na Avenida Agamenon Magalhães, próximo à Praça do Derby, e nas imediações do Parque 13 de Maio, no bairro de Santo Amaro.

Ouça a reportagem de Mônica Ermírio: 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.