Bebê de 1 ano morre após ser mordido por cachorro chow-chow em Minas Gerais

Pai tentou salvar a criança, mas também foi mordido; animal estava amarrado no momento do ataque

MORTE
Bebê de 1 ano morre após ser mordido por cachorro chow-chow em Minas Gerais

Chow-chow é um cachorro originário da China e pode chegar a pesar mais de 30 quilos - Foto: Reprodução/Rádio Jornal

Uma criança de 1 ano e 5 meses meses morreu após ser mordido por um cachorro da raça chow-chow na Zona Rural de Frei Inocêncio (MG), de acordo com o portal G1. O caso aconteceu no último dia 11, véspera do Dia das Crianças.

Segundo informações do portal, a vítima foi atacada na parte de trás da cabeça. O pai da criança, ao ver o ataque, tentou ajudá-la, mas acabou sendo mordido pelo cachorro também. Ela chegou a ser levada para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Leia também: Pets viram importantes companheiros na quarentena do coronavírus

Governo publica lei que aumenta penas de maus-tratos contra cães e gatos

Gato fica amarelo após dona colocar açafrão no pelo dele para tratar micose

A Polícia Militar informou que o pai havia adquirido o animal há quadro meses e que a criança tinha o hábito de brincar com ele. No momento do ataque, o chow-chow estava amarrado e estranhou a aproximação da vítima.

Sobre o chow-chow

Cão originário da China, o chow-chow tem um aspecto fofo e parece um "urso de pelúcia". Bastante peludo, ele pode chegar a mais de 30 quilos. Uma de suas características mais marcantes é a língua azul.

A médica veterinária Débora Viegas explica que é o comportamento da raça não é definitivo, e que é preciso analisar cada caso. "Não [é] necessariamente agressiva. A situação do ocorrido deve também ser levada em consideração para saber o que aconteceu", afirma.

"Mas essa raça é uma raça asiática, normalmente são mais individuais. Animais que não são tão acostumados a muitas pessoas e outros animais como outras raças", completou a veterinária.

A médica veterinária Isabela Alcântara também reforça essa característica dos chow-chows e importância da socialização para que ele se acostume com a presença de pessoas. 

"Realmente, é uma raça muito delicada. Não gostam muito de carinho, são muito reservados. Mas tudo é muito a criação também. O modo de criação errada do animal pode direcionar para atitudes e comportamentos inadequados."

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.