João Campos garante que, independentemente do Ministério da Saúde, Recife terá vacina contra a covid-19

João Campos (PSB), tem 27 anos, e é o prefeito mais jovem que Recife já teve; ele toma posse nesta sexta-feira (1º)

MUNICÍPIO
João Campos garante que, independentemente do Ministério da Saúde, Recife terá vacina contra a covid-19

João Campos (PSB) tem 27 anos, prefeito mais jovem do Recife - Foto: Tião Siqueira/JC Imagem

Aos 27 anos, João Campos (PSB) assume, nesta sexta-feira (1º), a Prefeitura do Recife com os desafios de uma grande metrópole. O socialista tem como vice Isabella de Roldão (PDT) e uma ampla bancada na Câmara de Vereadores. O secretariado será marcado pela paridade de gênero: são nove gestores homens e nove mulheres.

Confira a lista completa do secretariado:

  • Secretária de Finanças - Maíra Fischer
  • Secretário de Governo e Participação Social - Carlos Muniz
  • Secretário de Planejamento, Gestão e Transformação Digital - Felipe Martins Matos
  • Secretária de Infraestrutura - Marília Dantas
  • Secretária de Saúde - Luciana Albuquerque
  • Secretário de Educação - Fred Amâncio
  • Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação - Rafael Dubeux
  • Secretária de Trabalho e Qualificação Profissional - Adriana Rocha
  • Secretária de Turismo e Lazer - Cacau de Paula
  • Secretário de Esportes - Rodrigo Coutinho
  • Secretário de Cultura - Ricardo Mello
  • Secretária de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, Juventude e Políticas sobre Drogas - Ana Suassuna
  • Secretária da Mulher - Glauce Medeiros
  • Secretário de Segurança Cidadã - Murilo Cavalcanti
  • Secretária de Habitação - Maria Eduarda Medicis
  • Secretária de Saneamento - Erika Moura
  • Secretário de Política Urbana e Licenciamento - Leonardo Bacelar
  • Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade - Carlos Ribeiro

Herança familiar e eleições

O novo prefeito é filho do ex-governador Eduardo Campos e bisneto do ex-governador Miguel Arraes.

João Campos venceu a disputa no segundo turno com 56,27% dos votos válidos. João Campos derrotou a também deputada federal Marília Arraes, do partido dos trabalhadores, sua prima de segundo grau.

Posse respeitará medidas sanitárias

A cerimônia de posse está marcada para a tarde desta sexta-feira (1º) no plenário da Casa de José Mariano, na Boa Vista. Primeiro serão empossados os trinta e nove vereadores eleitos e em seguida escolhida a mesa diretora.

O novo presidente da Câmara dos Vereadores vai comandar a posse de João Campos e Isabella de Roldão para os próximos quatro anos.

O protocolo contra a covid-19 é rigoroso e poucos convidados vão estar no plenário da câmara. Tanto é que a transmissão de cargo na sede da Prefeitura do Recife será exibida ao vivo no canal do Youtube.

O novo prefeito do Recife afirma que uma das medidas iniciais é otimizar a máquina pública do município:

O desafio da covid-19

João Campos assume a Prefeitura do Recife em meio à pandemia da covid-19 que assola o mundo. De acordo com o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus da cidade, dezembro fechou com queda em casos graves e mortes.

A taxa de ocupação de leitos de UTI vinculados à Secretaria Municipal de Saúde é de 77%. Segundo a prefeitura, 49 pacientes internados neste momento são residentes em outras cidades da Região Metropolitana do Recife. Na primeira quinzena de janeiro de 2021, serão abertos 80 leitos de UTI no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, na Estância.

João Campos garante que o município terá, sim, a vacina contra a covid-19, independentemente do Ministério da Saúde:

Educação

A rede municipal de educação do Recife conta com 316 unidades, sendo 89 de educação infantil, 194 para o ensino fundamental, nos anos iniciais, e 36 para os anos finais.

João Campos afirma que o retorno às aulas presenciais será definido de forma coletiva:

Carnaval

Outro desafio logo no início da gestão de João Campos será administrar os efeitos da suspensão do Carnaval 2021. A folia de momo no Recife é uma das maiores do país, com diversas expressões culturais em polos descentralizados.

Há um entendimento de que qualquer evento com aglomeração só pode ocorrer após a aplicação da vacina e controle da pandemia da covid-19. João Campos diz que, em breve, vai apresentar uma proposta para contemplar o setor que vive do carnaval:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.