IBURA

Idosa acumuladora que vivia com 3 cães é presa por maus tratos de animais no Recife


A idosa negou que maltratasse os animais; cães foram encontrados em uma área com muito lixo

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 22/01/2021 às 18:29
Divulgação/Polícia Civil
FOTO: Divulgação/Polícia Civil
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu uma idosa de 62 anos pelo crime de maus tratos de animais. A mulher, que é acumuladora, criava três cachorros. Ao chegar no local, a polícia encontrou os cães na área externa da casa dela em meio a uma grande quantidade de lixo. A prisão ocorreu nesta quinta-feira (21) na casa da idosa, no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife, após denúncia, mas a captura só foi divulgada nesta sexta-feira (22).

Segundo a Polícia Civil, foi realizada uma investigação antes da prisão com a oitiva de testemunhas e com a obtenção de fotos do local. Com apoio dos fiscais da secretaria executiva de Direitos dos Animais e do Centro de Vigilância Ambiental, a polícia identificou que os cães ficavam expostos ao sol e à chuva, amarrados a correntes curtas, sem água e alimentação, bem como expostos a fezes e mantidos em meio a bastante lixo.

Em depoimento à polícia, a idosa afirmou ser acumuladora de cães e negou que maltratasse os animais.

Os cachorros foram levados para uma ONG que cuida de animais, que ficou responsável pela respectiva guarda e cuidados. Eles estavam sem nenhuma doença.

Veja o vídeo do resgate dos animais:

 

Audiência de custódia

A idosa foi encaminhada para audiência de custódia permanecendo à disposição da Justiça Pública. Nesta sexta-feira, ela foi liberada pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) por não ter antecedentes criminais.

A pena para o crime de maus tratos de animais varia entre dois e cinco anos de prisão.


Mais Lidas