Acidente do Palmas: Covid-19 obrigou jogadores a viajar em avião que caiu

Time do Palmas enfrentaria Vila Nova pela Copa Verde nesta segunda-feira (25)

TRAGéDIA AéREA
Acidente do Palmas: Covid-19 obrigou jogadores a viajar em avião que caiu

Aeronave pegou fogo em acidente - Foto: Reprodução/Facebook

Os quatro jogadores do Palmas que morreram no trágico acidente aéreo na manhã do último domingo (24) estavam com covid-19. O diagnóstico para o novo coronavírus obrigou que Lucas Praxedes, 23 anos, Guilherme Noé, 28, Ranule, 27, e Marcus Molinari, 23, se afastassem do restante do time. A aeronave caiu na região de Luzimangues, no Tocantins, pouco após decolar. 

Os quatro jogadores testaram positivo para a covid-19 no último dia 15, durante uma bateria de exames. Com o risco de contaminar outras pessoas, eles precisaram viajar no avião do presidente do clube, Lucas Meira. Meira também estava na aeronave e, assim como os atletas, também morreu com a queda. Além dos cinco, o comandante da aeronave, Wagner Machado também não resistiu aos ferimentos. 

>>> Veja vídeo: moradores da região registraram momento em que avião pegava fogo, após cair. 

O voo iria para para Goiânia, onde o time disputaria, nesta segunda-feira (25), uma partida com o Vila Nova pela Copa Verde. Outros membros da equipe viajariam em um voo comercial com passagens bancadas pela CBF. 

"Era o último de isolamento. Eles estariam liberados na segunda-feira [25, data marcada para Palmas x Vila Nova] para o jogo e nos esforçamos para ter força máxima. Como o presidente Lucas já teve covid-19, o clube decidiu colocar os quatro no avião da diretoria. É uma tristeza que não conseguimos explicar. Uma aeronave moderna, sempre utilizada, um piloto experiente. E o presidente querendo fazer o melhor pelo time", disse a porta-voz do Palmas, Izabela Martins, de acordo com o UOL. 

Jogo cancelado

A CBF cancelou o jogo contra o Vila Nova. Segundo o UOL, o time providenciou passagens para que familiares dos jogadores mortos viajassem até Palmas para os procedimentos burocráticos de liberação dos corpos. Os corpos serão velados nas cidades dos atletas. 

O corpo do presidente Lucas Meira foi velado na noite do domingo (24). A previsão é que o sepultamento ocorra nesta segunda-feira (25).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.