Novo calendário de abastecimento da Compesa faz crescer procura por caixas d'água

Por conta do novo rodízio da Compesa, alguns bairros vão ficar até 20 dias sem água nas torneiras

FALTA DE ÁGUA
Novo calendário de abastecimento da Compesa faz crescer procura por caixas d'água

Armazém no Recife já fez novo pedido por mais caixas d'água - Foto: Day Santos/TV Jornal

A procura pelas caixas d’água aumentou nos armazéns desde a semana passada quando a Compesa anunciou o novo calendário de abastecimento na Região Metropolitana do Recife. O calendário começou a valer nesta segunda-feira (25) e alguns bairros vão ficar até 20 dias sem água nas torneiras. De acordo com a companhia, o rodízio será mantido por tempo indeterminado.

Quem precisa juntar água tem que correr para conseguir comprar os depósitos, já que os produtos estão sumindo com rapidez dos armazéns de construção. O servidor público Elionaldo Nascimento procurou bastante para achar. Além da caixa d’água, ele também decidiu levar alguns baldes para distribuir na família.

Em um armazém no bairro da Linha do Tiro, na Zona Norte do Recife, o estoque está quase zerado. A procura aumentou 20% desde a semana passada. As únicas caixas que ainda restavam - cinco - estavam na frente da loja, na manhã desta segunda, e a expectativa era de que fossem vendidas ainda hoje.

O funcionário do armazém já fez o pedido, mas o fornecedor também não tem para pronta entrega.

Preços

As caixas d’água mais procuradas são as de 500 mil litros, e os preços variam entre R$ 374 e R$ 440. Além delas os clientes também estão procurando baldes. O de 15 litros está custando R$ 12. E também já está quase no fim.

Esquema de rodízio 

Com o novo calendário de abastecimento da Compesa, os municípios de Olinda, Paulista, Abreu e Lima e Igarassu, que antes enfrentavam um rodízio de um dia com água e quatro dias sem, agora ficam no esquema de um dia com água e sete dias sem

Recife

Os bairros de Linha do Tiro, Beberibe, Alto Santa Terezinha, Água Fria, Bomba do Hemetério, Alto do Deodato, Alto José Bonifácio, Alto do Pascoal, Fundão, Porto da Madeira, Cajueiro, Hipódromo, Encruzilhada, Torreão, Campina do Barreto, Arruda e parte dos bairros do Espinheiro, da Jaqueira, da Tamarineira, do Rosarinho, do Parnamirim e dos Aflitos, que antes tinham um abastecimento diário, passam a enfrentar o rodízio no esquema de um dia com água e dois dias sem.

Ainda no Recife, os bairros de Engenho do Meio, Cidade Universitária, Várzea, Cordeiro, Caxangá, Jardim Petrópolis, Loteamento Novo Caxangá, Iputinga, Nova Morada, Vila Felicidade, Monteiro, Apipucos, Jaqueira, Dois Irmãos, Macaxeira, Casa Amarela, Casa Forte, Poço da Panela, Santana, Alto Santa Isabel, Mangabeira, Alto do Mandu, San Martin, Jiquiá, Vietnã e parte dos bairros da Tamarineira, do Rosarinho, do Parnamirim, dos Aflitos, da Torre, do Zumbi e do Prado, que tinham um abastecimento diário, entra no esquema de rodízio de um dia com água e cinco dias sem.

Os bairros que também passam a fazer parte do rodízio de um dia com água e um dia sem água, são Mustardinha, Ilha do Leite, Madalena, Graças, Coelhos, Paissandu, Boa Vista, Santo Amaro, Recife Antigo, Tacaruna, Vila Santa Luzia e parte dos bairros do Prado, da Torre, do Espinheiro, dos Aflitos e do Zumbi.

Já o Jordão Alto e Jordão Baixo entram no esquema de rodízio de 12 horas com água e 72 horas sem, e os bairros do Ibura de Baixo e UR3 ficam com um dia de abastecimento e dois dias sem água.

Jaboatão dos Guararapes 

Alguns bairros de Jaboatão, como Engenho Velho, Santo Aleixo, Fazenda Suassuna, Centro, Bela Vista, Alto da Fábrica, Alto do Raposo, Multifabril, Vila Piedade, Lote 23, Vila Natal, Artur Xavier, 21 de Abril, Hermes de Fonseca, Bom Sucesso, Carlos Pinto, Nossa Senhora dos Prazeres, Alto do Vento, Marechal Rondon, Quitandinha, Alto Santa Rosa e Vila Rica, saem do modelo de um dia com água e 15 dias sem e passam a ficar um dia com água para 20 dias sem

Cabo de Santo Agostinho

No Cabo de Santo Agostinho, os bairros de Garapu, Cohab, Vilas Sociais, Pista Preta, Vila Pirapama ficam com um dia de água para um dia sem. Alto do Cruzeiro e Charnequinha ficam com 16 horas de abastecimento e 24 horas sem água

Já os bairros de Cidade Jardim, Pontezinha, Ponte dos Carvalhos, Itapuama e Paiva ficam com 16 horas de abastecimento para 36 horas sem.

Camaragibe 

A cidade de Camaragibe ficará no rodízio de um dia com água e 15 dias sem.

São Lourenço da Mata

Em São Lourenço, a população terá um dia com água para 10 dias sem

Moreno

Em Moreno, os moradores terão dois dias com água para nove dias sem.

Ajustes

Os ajustes de calendário serão implantados de forma gradual a partir de 25/01/21.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.