Síndrome de Haff: Entenda o que a doença causa, por que a urina fica escura e como se prevenir

Confira também como se prevenir da doença da Síndrome de Haff, ou doença urina preta

SAúDE
Síndrome de Haff: Entenda o que a doença causa, por que a urina fica escura e como se prevenir

O infectologista Filipe Prohaska explicou o que é a doença - Foto: Reprodução

Com informações do Por Dentro com Cardinot e JC Online

Após duas irmãs serem infectadas e internadas com Síndrome de Haff, ou ‘’doença da urina preta’’, no Recife, a população acendeu o alerta sobre os riscos de consumir este tipo de alimento sem saber a procedência da produção, armazenamento e comercialização. As mulheres foram infectadas após ingerirem um peixe da espécie Arabaiana, e os sintomas da Síndrome de Haff surgem entre 2 a 24 horas.

  • Náusea;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Febre;
  • Vermelhidão na pele;
  • Falta de ar;
  • Dormência no corpo;
  • Insuficiência renal.

Você sabe o que é a Síndrome de Haff, o que a doença causa e por que a urina fica escura? A síndrome é causada por uma toxina e provoca lesão muscular, além de afetar os rins. Confira as informações abaixo, além dos sintomas e formas de prevenção. 

A urina escura é uma consequência da necrose muscular, provocada pela síndrome.

De acordo com a apuração do Jornal do Commercio, em Pernambuco, entre 2017 e 2021, foram registrados 15 casos de Haff, sendo 10 confirmados por critério clínico epidemiológico (4 em 2017 e 6 em 2020) e 5 (de 2021) ainda em investigação.

>Síndrome de Haff: empresária que recebeu alta hospitalar concede entrevista

A Secretaria de Saúde informou que, através da Rede de Centros de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Rede Cievs), acompanha e mantém toda rede de serviços de atenção e vigilância do Estado alerta para a notificação de casos suspeitos da Síndrome de Haff.

O que é a Síndrome de Haff?

doença de Haff é uma doença rara que acontece de forma repentina e que é caracterizada pela ruptura das células musculares, o que leva ao aparecimento de alguns sinais e sintomas como dor e rigidez muscular, dormência, falta de ar e urina preta, semelhante à café.

As causas da doença de Haff ainda são discutidas, no entanto acredita-se que o desenvolvimento da doença de Haff seja devido a alguma toxina biológica presente em peixes de água doce e crustáceos.

> "Minha filha está muito mal na UTI", diz mãe sobre filha com síndrome de Haff

É importante que essa doença seja identificada e tratada rapidamente, isso porque a doença pode evoluir rapidamente e trazer complicações para a pessoa, como insuficiência renal, falência múltipla de órgãos e óbito, por exemplo.

O que a Síndrome de Haff causa?

A Síndrome de Haff é causada quando a toxina vai para os músculos, provocando dores musculares e afetando os rins. De acordo com os médicos, a contaminação é causada com uma toxina que se desenvolve em peixes que não são bem armazenados em temperaturas adequadas, mas não altera o sabor e nem a aparência do alimento.

> Síndrome de Haff: especialista detalha toxina presente no peixe e fala sobre a doença

“O que chama atenção? O peixe não foi armazenado de forma adequada nem tratado de forma adequada. Aí ele vai produzir uma toxina. Você come o peixe, não nota que tem essa toxina, o gosto não tem alteração, mas, poucos dias depois, você começa a ter a dor muscular intensa e a urina ficando preta, devendo procurar de imediato uma unidade hospitalar, quando isso acontecer”, analisou o médico infectologista Filipe Prohaska.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.