Além de fechar serviços não essenciais durante a madrugada, Pernambuco pode decretar medidas mais duras na próxima semana

Medidas tentam diminuir a transmissão do novo coronavírus em Pernambuco

PANDEMIA DO NOVO CORONAVíRUS
Além de fechar serviços não essenciais durante a madrugada, Pernambuco pode decretar medidas mais duras na próxima semana

Circulação de pessoas nas ruas sem distanciamento social - Foto: Bruno Campos / JC Imagem

Além de mandar fechar todos os serviços não essenciais em Pernambuco entre 22h e 5h a partir deste sábado (27), o governador Paulo Câmara alertou que pode tomar medidas ainda mais duras para conter o avanço do novo coronavírus em Pernambuco. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (26). 

"Vamos monitorar os dados minuto a minuto neste fim de semana e, caso os índices permaneçam piorando, novas medidas restritivas podem ser anunciadas já no início da próxima semana”, advertiu Paulo Câmara.

Atualmente, Pernambuco está com mais de 90% dos leitos de UTI dedicados a pacientes com covid-19 ocupados. O risco é que o sistema público do estado entre em colapso, caracterizado quando, entre outras características, os hospitais não conseguem atender mais nenhum paciente que procura socorro. 

Atividades suspensas

A partir deste sábado (27), serviços não essenciais estão proibidos em todo o Estado de Pernambuco, independentemente de quantidade de pessoas, uso de máscaras ou distanciamento social. A medida vale entre 22h e 5h, todos os dias, até o dia 10 de março.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.