Mamógrafo móvel no Recife: Veja quando o exame pode ser feito gratuitamente no seu bairro agora em março

Mamógrafo móvel deve atender até 2.400 mulheres neste mês

SAúDE
Mamógrafo móvel no Recife: Veja quando o exame pode ser feito gratuitamente no seu bairro agora em março

Câncer de mama é o mais comum do mundo, diz OMS - Foto: Divulgação

Fundamental na prevenção e diagnóstico precoce de câncer de mama, a mamografia é um exame simples e rápido, mas que, muitas vezes, as mulheres encontram dificuldade para realizar o procedimento no serviço público de saúde. Neste mês de março, um mamógrafo móvel vai circular por bairros do Recife e realizar o atendimento em até 2.400 mulheres que moram na cidade. 

A prefeitura da cidade divulgou um calendário que mostra onde os exames podem ser feitos ao longo do mês. Neste dia 1º de março, por exemplo, o mamógrafo móvel vai estar no posto de saúde Francisco Pignatari, na Estrada do Arraial, em Casa Amarela, na Zona Norte da capital. Para conferir a lista com datas e locais, clique aqui.

O exame pode ser feito por mulheres de idades entre 50 e 69 anos. “Seguindo as orientações do Plano de Convivência com a Covid-19, os atendimentos devem ser previamente agendados nas unidades em que o caminhão do mamógrafo irá estacionar, já que as marcações são limitadas. Em cada local serão disponibilizadas 60 vagas, sendo 30 para o turno da manhã e 30 para o turno da tarde, exceto nos dias 20 e 27 de março - quando estarão abertas 30 vagas em cada ação”, disse nota divulgada pela prefeitura, acrescentando que o resultado dos exames sai em 20 dias. 

“Para realizar o exame, é necessário levar documento oficial de identificação com foto, além do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência. O uso de máscara é obrigatório e o distanciamento físico deve ser respeitado. Nos locais do exame, haverá água, sabão e álcool 70% para a higienização das mãos”, afirmou a prefeitura. 

Mais cuidados

“As mulheres devem estar atentas às mamas, no dia a dia, para que possam reconhecer suas variações naturais e identificar as alterações suspeitas. Alguns sintomas podem ser nódulo (caroço) fixo, geralmente indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo), saída espontânea de líquido de um dos mamilos e pequenos nódulos no pescoço ou na região das axilas. Além de realizar periodicamente o exame clínico e a mamografia, adotar hábitos saudáveis, manter o peso corporal adequado, praticar atividade física e evitar o consumo de bebidas alcoólicas ajudam a reduzir o risco de ter a doença. Amamentar também é um fator de proteção”, orientou a prefeitura da cidade.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.