A gente não pode pensar que o vírus não entra no transporte público, diz presidente do TCE

De acordo com determinação do TCE, governo deve estabelecer regras para o transporte público

PANDEMIA DO NOVO CORONAVíRUS
A gente não pode pensar que o vírus não entra no transporte público, diz presidente do TCE

Filas longas e poucos ônibus no Terminal Integrado de Joana Bezerra - Foto: Bruno Campos/ JC Imagem

O problema das aglomerações no transporte público do Grande Recife durante a pandemia do novo coronavírus voltou a ser tema do debate do Passando a Limpo, na manhã desta segunda-feira (19). Entrevistado pela bancada de jornalistas, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Dirceu Rodolfo, disse que “a gente não pode abstrair e pensar que o vírus não vai entrar no transporte público, nas estações e terminais”. 

Por este motivo, o TCE publicou uma resolução “para exigir do poder público que atue de forma transparente com esse aspecto”. “A determinação exige que o estado elabore e publique um protocolo para o transporte público”, disse Rodolfo. Segundo o presidente, o texto deve estabelecer, entre outros pontos, a capacidade máxima nos veículos, protocolo de higiene, determinar o distanciamento mínimo e definir número minimo de veículos e viagens. De acordo com o presidente, a não publicação desses pontos pode acarretar em sanções. 

Ouça a entrevista na íntegra:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.