Vacinação contra covid-19

Prefeitura do Recife suspende aplicação de segunda dose da CoronaVac


De acordo com prefeitura, suspensão se deve à falta de recebimento de doses da CoronaVac

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 28/04/2021 às 12:20
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

A Prefeitura da cidade do Recife decidiu suspender a aplicação da segunda dose da CoronaVac em pessoas que receberiam o imunizante a partir da próxima quinta-feira (29). As novas datas serão reagendadas automaticamente. Agora, quem estava marcada para receber a segunda dose no dia 29 só vai receber no dia 10 de maio, portanto, 11 dias depois.

De acordo com a prefeitura da cidade, o adiamento se deve à falta de recebimento de novas doses para a aplicação da segunda dose da CoronaVac.

Explicação na íntegra

A prefeitura emitiu a seguinte nota:

"Após a nova orientação do Ministério da Saúde, de n 467/21, para a aplicação da segunda dose da vacina Coronavac, a Prefeitura do Recife está remarcando o agendamento de pessoas que iriam receber o complemento da imunização com essa vacina, no intervalo entre o 29 de abril (próxima quinta-feira) e o dia 09 de maio, para um novo período que será iniciado no dia 10 de maio. A medida foi necessária por causa do atraso na entrega pelo Governo Federal de novas doses para estados e municípios de todo país.

O Recife vem seguindo, desde o início do processo de vacinação, as orientações do Ministério da Saúde - dentro dos protocolos estabelecidos pelo Plano Nacional de Imunização (PNI). Uma delas foi a liberação, no dia 21 de março, do uso de doses da Coronavac, enviadas após esse indicativo, para aplicação exclusiva dessas remessas como primeira dose. Na ocasião, o a pasta federal atestou que os novos envios do imunizante seriam constantes, o que não ocorreu e provocou a escassez da Coronavac para segunda dose em dezenas de cidades, incluindo capitais, todo o país.

“O Ministério da Saúde reconheceu publicamente o seu erro em liberar três remessas da vacina Coronavac para serem utilizadas exclusivamente como primeira dose. Por isso a necessidade deste reagendamento para as pessoas que irão tomar a segunda dose deste imunizante”, explicou a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque. O reagendamento da segunda dose da Coronavac será feito de forma automática, pelo Conecta Recife, e as pessoas agendadas serão informadas por mensagem no celular, WhatsApp e no e-mail cadastrados no aplicativo ou pelo site.

Quem estava agendado para receber o reforço da Coronavac no dia 29 de abril será reagendado, no mesmo horário, para o dia 10 de maio. E assim sucessivamente. “Essa marcação será automática para o mesmo local e o mesmo horário. A gente reforça que não há a necessidade das pessoas que iriam tomar a segunda dose da Coronavac nestes dias procurar os centros de vacinação. Isto será feito automaticamente”, reafirmou a secretária.

O Ministério da Saúde já emitiu, na última terça-feira, uma nota técnica informando que a segunda dose deve ser aplicada independente da data da aplicação da primeira dose.

A Secretaria de Saúde do Recife reforça que a vacinação com o imunizante AstraZeneca seguirá normalmente, já que não há atraso no momento, seja para a 1ª ou para 2ª dose. O Recife, inclusive, anunciou um novo grupo nesta terça (27), que são os trabalhadores da educação básica acima de 40 anos, e começam a vacinação nesta quinta (29).

VACINÔMETRO - Até o último dia 26/04, a Prefeitura do Recife havia recebido pouco mais de 390 mil doses da Coronavac e 121 mil da AstraZeneca. O total de doses aplicadas chegou a 455.881, dos dois imunizantes, e para primeira e segunda doses, tendo sido imunizadas no total 288 mil recifenses. As informações completas podem ser obtidas no Vacinômetro do Recife (https://conectarecife.recife.pe.gov.br/vacinometro/)"


Mais Lidas