Drogas

O que é MD? Quais os riscos? Entenda como funciona nova droga sintética alucinógena que teria sido usada por MC Kevin antes de morrer

Vendida pelo WhatsApp, droga MD é alucinógena e usada, especialmente, por jovens e adultos da classe média alta; em alguns casos, uso de MD pode causar a morte

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 20/05/2021 às 10:21
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Nas investigações sobre a morte de MC Kevin, os policiais ouviram de diversas testemunhas - entre elas, a esposa do cantor, Deolane Bezerra, - que, momentos antes de cair do 5º andar de um hotel no Rio de Janeiro, o artista usou “MD”. Essas duas letras são uma sigla reduzida para MDMA ou “3,4-metilenodioximetanfetamina”, droga sintética, que vem ganhando espaço entre jovens e adultos da classe média alta. Alucinógena, essa droga tem o poder de deixar o organismo com estado de hipersensibilidade, elevando o sentimento de prazer.

“Eu tenho vontade de dançar e tocar nas pessoas. Fico muito sexual”, disse à revista Veja uma universitária paulistana de 21 anos, que usa MD. Conhecida como uma versão “melhorada” do Ecstasy, a droga é muito usada em shows, raves e baladas.

Disponível em um pó cristalizado, os usuários colocam pegam com os dedos e colocam na boca ou diluem em água. O consumo, de acordo com a reportagem, acontece em 10 segundos e a droga leva entre 10 e 20 minutos para chegar ao cérebro. Durantes as horas seguintes ao consumo, o entorpecente causa efeitos estimulantes e alucinógenos.

Muitos usuários fazem as compras pelo WhatsApp ou pelo direct do Instagram ao “dealer”, como são chamados os traficantes. Autoridades responsáveis pelo combate ao tráfico se preocupam com essa droga há alguns anos. Para se ter uma ideia, conforme levantamento de Veja, somente no estado de São Paulo, a apreensão de MD cresceu 360% no primeiro semestre de 2019, no comparativo com o mesmo período do ano passado.

Durante esse intervalo, o crescimento de apreensão de crack e cocaína foi de 80%. Segundo a reportagem, a droga já está espalhada por todo o Brasil. A droga também é conhecida como “Molly”, “Madonna” e Michael Douglas”.

Riscos do uso de MD

A química do MD afeta diretamente os neurotransmissores e provoca distúrbios graves ao organismo. Segundo a reportagem de Veja, o consumo da droga pode causar a morte por falência hepática, hipotermia ou parada cardíaca. Reportagem da Revista Glamour também apurou que os efeitos do MDMA podem ir de desidratação a convulsões.

“Não se deve usar MDMA, já que é uma droga ilícita e perigosa. Associá-la a outras drogas aumenta ainda mais o risco de morte do usuário”, disse o psiquiatra Mário Louzá, à Glamour.

“O MDMA é estimulante. Quando seu efeito passa, uma pessoa apresenta os sintomas opostos aos que gozam durante a intoxicação pela droga. Depressão, fadiga, apatia, etc”, acrescentou.

>>> Quem são os amigos que estavam com MC Kevin no hotel, onde o cantor caiu do 5º andar? Veja aqui.

MC Kevin

De acordo com as investigações, além de MD, MC Kevin também usou maconha e bebeu bebidas alcoólicas. A polícia pediu exame toxicológico para confirmar se o corpo do cantor tinha algum vestígio do entorpecente, mas o resultado do exame ainda não saiu. Segundo as investigações, ele teria usado MD na madrugada do domingo, após chegar de uma festa clandestina onde se apresentou, na zona oeste do Rio.

Mais Lidas