ALERTA

São Paulo confirma 1º caso de variante indiana, e sobe o número de contaminados pela cepa no Brasil


Chegada de casos da variante indiana no Brasil tem preocupado especialistas

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 26/05/2021 às 11:51
Robson Valverde/SES-SC
FOTO: Robson Valverde/SES-SC
Leitura:

O Estado de São Paulo confirmou, nesta quarta-feira (26), o primeiro caso com a variante indiana do novo coronavírus, chamada de B.1.617. A informação foi confirmada pelo Governo de São Paulo.

Segundo o Instituto Adolfo Lutz, da Secretaria de Estado da Saúde de SP, no Estado a variante foi identificada em um passageiro de 32 anos, morador de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, que desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos no dia 22 de maio.

De acordo com o portal G1, o governo de São Paulo aponta que não há registros de um caso autóctone, ou seja, por contaminação local, da variante indiana no estado.

>> A gente está avaliando a presença de uma nova variante no Agreste, alerta secretário de Saúde de Pernambuco

>> Infectologista alerta que variante do coronavírus mais temível não é a indiana, mas a inglesa; saiba tudo sobre ela

O passageiro contaminado foi identificado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável pelo monitoramento no aeroporto. No entanto, o governo de São Paulo afirma que só foi notificada pelo órgão quando o passageiro já havia embarcado em voo doméstico para o Rio de Janeiro. A amostra positiva foi enviada ao Instituto Adolfo Lutz e o sequenciamento finalizado nesta quarta-feira (26).

>> Quais vacinas são eficazes contra cepa indiana do novo coronavírus que chegou ao Brasil?

Em nota, a Anvisa alega que o passageiro, quando passou pelos controles da Anvisa no Aeroporto de Guarulhos, estava negativado, tendo apresentado PCR negativo realizado nas últimas 72h e não apresentava sintomas.

Segundo a agência, "A positivação dele ocorreu posteriormente, em novo exame, já em solo brasileiro. Ao ficar sabendo da positivação, no final da noite de 22 de maio, a Anvisa imediatamente acionou o Sistema de Vigilância Epidemiológica (Cievs) para busca ativa e monitoramento".

Outros casos no país

Agora, já são sete pessoas contaminadas pela variante no país. Os outros casos são de seis passageiros que chegaram ao Maranhão a bordo do navio MV Shandong da Zhi, atracado no litoral do estado. Também há ainda outros três casos suspeitos no Distrito Federal, Espírito Santo e em Minas Gerais.


Mais Lidas