IMUNIZAÇÃO

Vacina vencida da AstraZeneca: Veja o que dizem os municípios de Pernambuco


Prefeituras que receberam lotes da vacina da AstraZeneca se manifestam sobre a suposta aplicação de imunizantes vencidos

Matéria em atualização
Matéria em atualização
Publicado em 02/07/2021 às 18:34
Tânia Rêgo/Agência Brasil Saúde
FOTO: Tânia Rêgo/Agência Brasil Saúde
Leitura:

Dados do Ministério da Saúde mostram que pelo menos 26 mil doses de vacinas vencidas da AstraZeneca teriam sido aplicadas em todo o país, incluindo Pernambuco. Segundo a Folha de São Paulo, até o dia 19 de junho, 1.532 municípios brasileiros haviam aplicado vacinas vencidas. Em Pernambuco, 95 cidades receberam os lotes do imunizante com a validade expirada.

Além dos imunizantes já aplicados, outras 114 mil doses da vacina AstraZeneca que foram distribuídas a estados e municípios dentro do prazo de validade já expiraram. Não há informações sobre o destino dessas vacinas, se estão sendo usadas ou se foram descartadas.

>> Veja quais cidades de Pernambuco receberam lotes da vacina vencida da AstraZeneca

>> Covid-19: SES garante que irá investigar com prefeituras se vacinas vencidas foram aplicadas em Pernambuco

Resposta das prefeituras

Diante dos questionamentos, as prefeituras dos municípios pernambucanos têm se manifestado sobre a situação. Conforme novos posicionamentos forem enviados, a matéria será atualizada. Veja o que dizem as prefeituras:

Prefeitura de Bezerros

"A Secretaria de Saúde de Bezerros informa que recebeu 600 doses do lote de Nº 4120Z005, do imunizante Astrazeneca, em 27 de janeiro de 2021, conforme consta no Sistema do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. A aplicação das doses, desse lote, ocorreu no período entre os dias 28 de janeiro e 01 de março de 2021. Não havendo, portanto, nenhuma dose aplicada após esse período. A dose do imunizante, supostamente aplicada fora do prazo de validade, trata-se, na verdade, de um erro de informação no sistema do Ministério da Saúde. O erro já foi corrigido."

Prefeitura de Carnaíba

"Carnaíba recebeu dois dos lotes anunciados com problema de vencimento, porém os mesmos foram administrados dentro do prazo de validade.

Recebemos os lotes 4120Z005 com validade para 14/04/2021 em 27 e 29/01,
e essas doses foram utilizadas nos dias 27 de janeiro a 15 de fevereiro .

Já o lote CTMAV505 com validade 31/05/2021, foi utilizado nos dias 29 de março e 07 abril.

Portanto, todas as doses desses lotes foram administradas dentro do prazo da validade. Ressaltamos que todas as doses de vacina recebidas pelo município são administradas logo em seguida do seu recebimento.

Após o MS divulgar a relação dos municípios que estariam com esse problema, verificamos os registros manuais feito pelos vacinadores e confrontos com as informações do sistema e identificamos que houve erro no registro de algumas doses. Essas informações já estão sendo corrigidas.

O erro no registro das doses ocorreram na digitação de 9 doses de vacina da UBS do povoado de Serra Branca e 1 dose da UBS do Distrito Ibitiranga."

Prefeitura de Caruaru

"A Secretaria de Saúde de Caruaru esclarece que o lote 4120z005 foi o primeiro lote de AstraZeneca a chegar no município. O recebimento aconteceu no dia 26 de janeiro de 2021. No dia 14 de abril de 2021, data de vencimento do lote, todas as doses já tinham sido aplicadas entre os dias 26/01 e 03/03. As 36 doses que contam no sistema como aplicadas fora do prazo de validade, na verdade, trata-se de um erro no sistema de informação do Ministério da Saúde, que já está sendo corrigido."

Prefeitura do Ipojuca

Prefeitura do Recife

"A Secretaria de Saúde do Recife explica que nenhuma dose de vacina contra covid-19 foi aplicada fora do prazo de validade. As últimas doses do lote 4120Z005, cujo prazo de validade era 14 de abril, mencionado pela reportagem da Folha de São Paulo foram ministradas, na cidade, até o dia 25 de fevereiro. A Secretaria esclarece ainda que houve um erro durante o registro de duas doses no sistema do Ministério da Saúde."


Mais Lidas