CONCURSO

Governo de Minas Gerais anuncia concurso com 684 vagas para Polícia Civil; salários podem ultrapassar R$ 11 mil

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou, nesta quarta-feira (7), a abertura de concurso público e que excedentes do último certame serão chamados

Filipe Farias Batista
Filipe Farias Batista
Publicado em 07/07/2021 às 16:48
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou, nesta quarta-feira (7), a abertura de concurso público para preencher quadro na Polícia Civil do Estado (PCMG). De acordo com o político, que fez o anúncio durante a formatura de 73 escrivães e 30 delegados de polícia, em cerimônia na Academia de Polícia Civil, em Belo Horizonte, serão ofertadas 684 vagas para diversos cargos da corporação. Além disso, cerca de 80 profissionais excedentes do último concurso (delegados e escrivães), realizado em 2018, serão chamados.

De acordo com as informações preliminares, das 684 vagas que devem ser disponibilizadas no edital (ainda será publicado oficialmente), até 397 devem ser destinadas para a carreira de Escrivão de Polícia; até 62 para o cargo de Delegado; até 30 para a carreira de Investigador de Polícia; 9 de médico legista; até 51 para Analista da Polícia Civil; 114 e Técnico Assistente da Polícia Civil e até 21 para a carreira de Perito Criminal.

SALÁRIOS

Vale lembrar que as carreiras na área policial (delegado, escrivão, investigador, médico legista e perito) exigem formação de nível superior. Os salários variam de acordo com o cargo, com vencimentos iniciais de: R$ 4.098,39 (Escrivão); R$ 8.874,60 (para Médico legista e Perito); R$ 11.475,57 (Delegado).

Já os cargos para as áreas administrativas, que também exigem graduação, os salários iniciais são de R$ 2.782,16.

Mais Lidas