Religião

Por que o dia de São Jerônimo, 30 de setembro, é também o dia da Bíblia, o livro sagrado dos cristãos?

Esta quinta-feira (30) é o 'Dia da Bíblia para a Igreja Católica

Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 30/09/2021 às 11:34
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

A Bíblia é considerado o Livro Sagrado de todos aqueles que seguem Jesus Cristo, os cristãos. O mês de setembro é dedicado à Bíblia pela Igreja Católica, e esta quinta-feira (30) é o 'Dia da Bíblia', por causa da celebração a São Jerônimo.

Ao todo, são 73 registros na Bíblia, divididos em Antigo Testamento (46 livros) e Novo Testamento (27 livros). Nela, acredita-se que estão contidos todos os ensinamentos, revelações e manifestações de Deus.

>> Dia dos Arcanjos: Além do Santo Anjo, veja outras orações para pedir proteção a Miguel, Gabriel e Rafael

>> Cosme e Damião: por que são distribuídos doces no dia dos padroeiros dos médicos? Eles existiram mesmo? A data de celebração está errada?

Por que o Dia de São Jerônimo é o Dia da Bíblia?

Foi ele quem traduziu as sagradas escrituras do hebraico e do grego para o latim, que era a língua falada no Império Romano, e deu origem a muitas outras línguas, como o próprio português.

>> Quem foi São Jerônimo? Conheça a história de vida, frases e oração do santo conhecido como tradutor da Bíblia

As traduções que existiam naquela época tinham muitas imperfeições de linguagem e várias imprecisões ou traduções não muito exatas. Jerônimo, que escrevia com grande elegância o latim, traduziu a este idioma toda a Bíblia, e essa tradução chamada "Vulgata" (tradução feita para o povo ou vulgo) foi a Bíblia oficial para a Igreja Católica durante 15 séculos.

A Santa Igreja Católica reconheceu sempre São Jerônimo como um homem eleito por Deus para explicar e fazer entender melhor a Bíblia. Por isso, foi nomeado patrono de todos os que no mundo se dedicam a fazer entender e amar mais as Sagradas Escrituras.

Mais Lidas