Benefício

Quando começa a ser pago o Auxílio Brasil? Qual o valor? Quem tem direito? Veja respostas para 7 perguntas mais frequentes sobre o programa

O Auxílio Brasil deve substituir o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial

Com informações do SBT
Com informações do SBT
Publicado em 03/11/2021 às 10:06
Adriano Machado/Bloomberg
FOTO: Adriano Machado/Bloomberg
Leitura:

O governo federal pretende pagar o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família, em 2021. Segundo o Governo Federal, o Bolsa Família realizou os último pagamentos no fim de outubro e, a partir de novembro, o Auxílio Brasil deve substituir o benefício. No entanto, o Auxílio Brasil ainda não tem uma fonte de renda confirmada. O governo conta com a aprovação da PEC dos Precatórios para oficializar o programa.

>> Quem tem direito ao Auxílio Brasil? Veja se você é um dos 22 milhões de brasileiros que não vão receber

Qual será o valor do Auxílio Brasil?

No entanto, os valores serão distintos: até o fim deste ano, a parcela será com reajuste de 20% sobre os valores que estavam sendo pagos até este mês. Atualmente, o valor médio do Bolsa Família é de R$ 189. Com o reajuste previsto, ele saltaria para R$ 226,80.

>> Quando vai ser pago o Auxílio Brasil, o 'novo Bolsa Família'? Confira calendário de novembro de 2021

A oficialização de cada valor e caso, no entanto, ainda não foi divulgada pelo Ministério da Cidadania. A atual fila de espera do programa também será zerada até o fim do ano, informou a pasta.

Quem poderá receber?

O Auxílio Brasil deverá ser pago a famílias em situação de extrema pobreza, ou seja, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa.

Segundo o governo, famílias em situação de pobreza, cuja renda varie de R$ 89,01 a R$ 178 por pessoa, também poderão receber o benefício, desde que tenham gestantes ou pessoas com menos de 21 anos entre seus membros.

Como se cadastrar?

Para ganhar o novo auxílio, será exigida a inscrição no Cadastro Único (Cadúnico), com os dados atualizados no sistema.

Qual será o cronograma?

O pagamento seguirá o calendário do antigo programa. Em novembro, será de 17 a 30. Os depósitos serão escalonados de acordo com o final do NIS (Número de Identificação Social) do beneficiário.

Quantos beneficiários são estimados?

O ministério já havia anunciado que a reestruturação do programa seria ampliada e incluiria 2,4 milhões de novos beneficiários. O Bolsa Família que reúne 14,6 milhões de brasileiros passaria a ter 17 milhões.

Tive aumento na renda e não entro mais nos critérios do Bolsa Família. E agora?

Os beneficiários que tiverem aumento de renda para um valor que ultrapasse o limite para inclusão no novo programa vão receber mais 24 meses de pagamento, antes de serem excluídos.

O que acontece agora com o Bolsa Família?

Com o início do Auxílio Brasil, o Bolsa Família será revogado.

Mais Lidas