Surto de coceira no Grande Recife: saiba o que fazer caso apresente os sintomas

Número de pessoas apresentando sintomas de coceira tem crescido

MISTÉRIO
Surto de coceira no Grande Recife: saiba o que fazer caso apresente os sintomas

Somente Recife já registrou 117 casos suspeitos da doença de pele não identificada - Foto: Reprodução

O surto de coceira que tem atingido cidades da Região Metropolitana do Recife tem preocupado a população. Na última semana, a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) emitiu um alerta sobre um surto de "lesões cutâneas a esclarecer". De lá para cá, o número de casos só cresceu. Os sintomas são manchas avermelhadas acompanhadas de pequenos caroços, coceira intensa, crostas e até sangramento.

Até o momento, ainda não há um diagnóstico fechado sobre a causa do surto de coceira. No entanto, dermatologistas e demais médicos que acompanham os casos garantem que é possível aliviar esses sintomas, geralmente incômodos.

O que pode estar causando o surto de coceira? 

O que pode estar causando as coceiras ainda é uma incógnita. Os especialistas se dividem nas opiniões. Entre as suspeitas está que a transmissão da doença pode estar ocorrendo através da água ou de mosquitos. Há também quem considere a possibilidade de ser uma virose.

Outros médicos suspeitam de escabiose, comumente chamada de sarna. Outra hipótese é de que a doença estaria sendo causada por um verme. 

O que fazer em caso de sintomas? 

A dermatologista Márcia Horowitz diz que ao sinal de qualquer coceira deve-se procurar atendimento médico. Ela orienta a população para não tomar medicamentos sem prescrição, inclusive pomadas, mas dá dicas para amenizar os sintomas. "O ideal é procurar ajuda médica, imediatamente, nesses casos. Porém, a coceira é muito intensa. O paciente pode ficar em locais mais arejados para evitar o calor, que piora a coceira das lesões. Ele pode preparar um chá de camomila e colocar na geladeira para fazer uma compressa gelada em cima das lesões, mas sempre deve evitar gelo pois pode queimar a pele, evitar álcool e aroeira porque podem irritar ainda mais a pele", explicou. 

Quantos casos já foram confirmados? 

Até esta terça-feira (23), Recife já registrou 117 casos suspeitos da doença de pele não identificada. Em Camaragibe, os casos já passam de 60. Paulista tem 6 casos suspeitos da doença. E em Jaboatão, 4 casos suspeitos estão sendo investigados.  

No entanto, pela falta de consenso entre os médicos para o que pode estar causando a coceira, muitos casos podem estar ocorrendo sem serem registrados.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.