DOENÇA

Famosa ex-atriz pornô Jenna Jameson revela que está sem conseguir andar; veja o motivo


A ex-atriz pornô Jenna Jameson, de 47 anos, fez sucesso na indústria de filmes direcionados ao público adulto

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/01/2022 às 16:04
Notícia
Reprodução/ Instagram
Jenna Jameson Bitton tem 47 anos - FOTO: Reprodução/ Instagram
Leitura:

A famosa ex-atriz pornô Jenna Jameson Bitton fez uma publicação em seu perfil no Instagram revelando que está internada sem conseguir andar. Ela está hospitalizada em um hospital no Havaí e a informação foi compartilhada em um vídeo com pouco mais de um minuto. 

O marido de Jenna Jameson, Lior Bitton, havia publicado um vídeo na conta da atriz falando sobre a situação dela. Na postagem, ele aparece ao lado da filha do casal e diz que Jenna estava hospitalizada há três dias fazendo exames depois de “não se sentir tão bem”.

.

O que a ex-atriz pornô Jenna Jameson tem?

A ex-atriz pornô estava sentindo enjoos recorrentes e vomitando por duas semanas antes de ir ao pronto-socorro na semana passada. Num primeiro momento, ela foi mandada de volta para casa, mas "não conseguia se manter em pé sozinha", conforme revelou Bitton.

Jenna foi levada novamente a um hospital onde recebeu o diagnóstico de Síndrome de Guillain-Barré. Jenna Jameson contou que já iniciou o tratamento.

No vídeo que publicou nesta segunda-feira (11), Jenna James, ainda no hospital, confirmou o diagnóstico e disse que não houve relação com a vacina contra a Covid-19 pois não tomou nenhum imunizante contra a doença. "Esta não é uma reação à vacina. Obrigado por sua preocupação" , revelou a ex-estrela pornô, que já havia compartilhado em suas redes sociais mensagens anti-vacina. 

O que é a Síndrome de Guillain-Barré? 

A síndrome de Guillain-Barré (SGB) é um distúrbio neurológico autoimune raro, no qual o sistema imunológico danifica as células nervosas. 

A maior parte dos pacientes percebe inicialmente a SGB pela sensação de dormência ou queimação nas extremidades dos membros inferiores (pés e pernas) e, em seguida, superiores (mãos e braços).

Outra característica, percebida em pelo menos 50% dos casos, é a presença de dor neuropática (provocada por lesão no sistema nervoso) lombar ou nas pernas.

Fraqueza progressiva é o sinal mais perceptível, ocorrendo geralmente nesta ordem: membros inferiores, braços, tronco, cabeça e pescoço. 

Comentários


Mais Lidas