saúde

Covid-19: Pernambuco autoriza vacinação das crianças a partir dos 6 anos com a Coronavac


Também foi liberada a ampliação da imunização com a Pfizer para toda a faixa etária dos 5 a 11 anos

jc
jc
Publicado em 24/01/2022 às 19:14
Notícia
Divulgação/SES
Poderão se vacinar com a Coronavac as crianças de 6 a 11 anos - FOTO: Divulgação/SES
Leitura:

O início da imunização contra a Covid-19 em crianças de 6 a 11 anos com a vacina da Coronavac/Butantan foi autorizada pelo Governo de Pernambuco. O imunizante foi liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e incorporado pelo Ministério da Saúde (MS) no Plano Nacional de Operacionalização (PNO).

>> Covid-19 em Pernambuco: Estado registra mais 1.234 casos
>> Alta de casos de covid-19 faz com que visitas sejam suspensas em 13 unidades prisionais do estado

Aprovada pelo Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação na manhã desta segunda-feira (24), a autorização foi pactuada com os gestores municipais em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) durante a tarde. Foi definido que os municípios que possuem estoque do imunizante já podem iniciar a vacinação das crianças nessa faixa etária enquanto o Estado aguarda envio de novas doses pelo governo federal.

.

Os municípios pernambucanos têm, em estoque, 360 mil doses da Coronavac – tanto para primeiras doses como para segundas doses, conforme levantamento do Programa Estadual de Imunização (PEI-PE). “Os municípios devem avançar na imunização das crianças com seus estoques de Coronavac, resguardando sempre as segundas doses dos munícipes que já estão com a vacinação agendada”, segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo.

A apresentação da Coronavac é a mesma para os adultos e crianças. O intervalo de aplicação entre a primeira e a segunda dose é de 28 dias. “Os municípios devem ficar atentos às especificidades das vacinas pediátricas, elaborando estratégias para evitar erros vacinais nesse público”, alertou a superintendente de Imunizações de Pernambuco, Ana Catarina de Melo. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) já enviou para os municípios nota técnica com todas as informações de manuseio e aplicação do imunizante no público infantil.

Conforme pactuado, poderão se vacinar com a Coronavac as crianças de 6 a 11 anos, exceto as imunossuprimidas, que devem receber a vacina da Pfizer. As crianças de 5 a 11 anos podem receber a vacina Pfizer - vale destacar que as de 5 anos só podem receber a Pfizer.

Vacina Pfizer

O Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação também recomendou a ampliação da imunização com a vacina pediátrica da Pfizer para todas as faixas etárias autorizadas.

“Os municípios pernambucanos também estão liberados a vacinar todos os grupos etários dos 5 a 11 anos com a vacina da Pfizer, de acordo com o quantitativo em estoque. O objetivo é dar mais celeridade à vacinação das crianças nos próximos dias”, pontuou Longo.

Caderneta

De acordo com a SES, a vacina contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos exige um intervalo de 15 dias - antes ou depois - entre as demais vacinas do calendário de imunização infantil. 

Comentários


Mais Lidas