GUERRA NO LESTE EUROPEU

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA GUERRA NA UCRÂNIA: civis começam a ser retirados de zonas de conflito


Cidades da Ucrânia começaram a ser evacuadas

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 08/03/2022 às 8:08
Notícia
DIMITAR DILKOFF / AFP
Esta é uma nova tentativa de estabelecer corredores humanitários para evacuar os civis na Ucrânia - FOTO: DIMITAR DILKOFF / AFP
Leitura:

A Ucrânia começou a evacuar civis da cidade de Sumy, no nordeste; e da cidade de Irpin, perto da capital Kiev, nesta terça-feira (8), para fazê-los escapar da guerra.

Esta é uma nova tentativa de estabelecer corredores humanitários para retirar os moradores presos pelos bombardeios russos de cidades ucranianas.

A rota para evacuação em Sumy será para as cidades ucranianas de Golubivka, Lokhvytsia, Lubny e Poltava, segundo o chefe da Administração Regional de Sumy, Dmytro Zhyvytsky.

O corredor deverá operar, no horário local, das 10h às 21h (das 5h às 16h, no horário de Brasília), segundo o governo ucraniano.

"Já começamos a evacuação de civis de Sumy para Poltava (no centro da Ucrânia), incluindo estudantes estrangeiros", disse o Ministério das Relações Exteriores ucraniano, em um tuíte.

Nessa segunda-feira (7), Sumy foi atingida por um ataque russo, que matou crianças. "Vamos tentar de novo", disse Mykhailo Podolyak, conselheiro da Presidência da Ucrânia. O país espera a abertura de mais corredores.

"Pedimos à Rússia que concorde com outros corredores humanitários na Ucrânia", completou.

Guerra na Ucrânia

A ofensiva militar russa na Ucrânia chega ao seu 13º dia e já fez mais de 2.000 mortos e 1,7 milhões fugiram do país, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU).

Em meio a tratativas de cessar-fogo temporário e rodadas de negociações entre Rússia e Ucrânia, imagens do campo de batalha mostram que os ataques russos continuam e parecem, cada vez mais, atingir civis.

Muitas pessoas estão se deslocando dentro do território ucraniano ou presos em cidades cercadas pela Rússia.

Comentários

Mais Lidas