LOSARTANA

LOSARTANA CAUSA CÂNCER? Entenda


Fabricante anunciou que suspendeu fabricação e comercialização de losartana; pacientes devem procurar médicos para pedir substituição de medicamento, antes de interromper consumo

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 10/03/2022 às 9:27
Notícia
Divulgação/ Sanofi Medley
Componentes da Losartana Potássica podem causar alterações no DNA dos usuários, o que aumenta a possibilidade de desenvolver câncer a longo prazo - FOTO: Divulgação/ Sanofi Medley
Leitura:

Milhares de pacientes em tratamento contra a hipertensão foram pegos de surpresa com o anúncio de que medicamentos com Losartana deixarão de ser comercializados. De acordo com a fabricante, o recolhimento do remédio das prateleiras das farmácias é uma precaução, já que há indícios de que a atual fórmula pode aumentar os riscos de desenvolvimento de câncer. 

Mas, afinal de contas, a Losartana causa câncer?

Segundo a fabricante Sanofi Medley, o atual medicamento contém "impurezas mutagênicas", ou seja, substâncias químicas que podem provocar mudanças no DNA de uma célula - ocasionando o surgimento de um câncer. 

Apesar disso, ainda é cedo para concluir que a Losartana é um medicamento que nunca mais deverá ser consumido. Na verdade, segundo o jornal Extra, o remédio voltará ao mercado, após sofrer ajustes. 

.

Esses ajustes devem se concentrar, principalmente, no Insumo Farmacêutico Ativo (IFA). Na prática, o IFA é o principal ingrediente de um medicamento e é a substância que confere a atividade de qualquer remédio. 

Isto é, por enquanto, os medicamentos com Losartana deixarão de ser produzidos e comercializados, enquanto novas pesquisas buscam entender como excluir da fórmula estas impurezas que preocupam os cientistas. 

Tomo Losartana. O que devo fazer imediatamente? 

Procurar seu médico. A losartana é um medicamento importante para a sobrevida de pacientes com problemas de pressão alta e controle de insuficiência cardíaca. Portanto, a interrupção abrupta no tratamento pode ser mais arriscada do que o consumo deste medicamento com baixos índices de impureza. 

Desta forma, o mais adequado é que pacientes que tomam losartana procurem os médicos e peçam orientação. São os médicos que devem explicar aos pacientes qual medicamento deve ser usado para substituir a losartana. Até o momento em que o médico fizer a orientação, o paciente não deve parar de se medicar. 

Comentários

Mais Lidas