ELEIÇÕES 2022

LULA: 'Dilma será cabo eleitoral da minha campanha', garante ex-presidente na Rádio Jornal

Ex-presidente Lula concedeu entrevista exclusiva ao programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal, nesta sexta-feira (29)

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 29/04/2022 às 9:59 | Atualizado em 29/04/2022 às 10:54
Notícia
Foto: Reprodução / Site Dilma
Na Rádio Jornal, Lula saiu em defesa de Dilma - FOTO: Foto: Reprodução / Site Dilma
Leitura:

Em entrevista ao programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal, na manhã desta sexta-feira (29), o ex-presidente Lula (PT) saiu em defesa de sua aliada e correligionária Dilma Rousseff e garantiu que ela será cabo eleitoral de sua campanha.

"Eu tenho orgulho de Dilma. A Dilma será o que quiser na minha campanha. Ela será cabo eleitoral da minha campanha", assegurou Lula.

O petista também citou dados que, segundo ele, mostram o êxito da primeira gestão Dilma, chegando a comparar os números de desemprego, por exemplo, com o desempenho de países nórdicos, como a Suécia.

"As coisas começaram a dar errado quando Eduardo Cunha assumiu a presidência da Câmara. Quando ele resolveu criar bombas todos os dias contra Dilma”, disse o petista.

.

REVOGAÇÃO DO MANDATO DE BOLSONARO

Ainda durante a entrevista, Lula defendeu a revogação do mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL). Na avaliação do petista, ele deveria assumir no lugar no ex-capitão.

A declaração do petista se dá após a decisão do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) que considerou que ele teve violados os direitos políticos, a garantia a um julgamento imparcial e a privacidade na Lava Jato.

“Ontem a ONU deu um chute e mostrou a pouca vergonha que foi feita para impedir que o Lula fosse presidente da República em 2018. Agora a União tem até 180 para saber como ela vai repor os prejuízos que eu tive. O correto era revogar o mandato de Bolsonaro e me colocar na Presidência, mas como já está no fim, eu também não quero”, afirmou Lula.

DILMA

Esta semana, em entrevista a Mano Brown, no podcast Mano a Mano, Dilma disse que não será candidata. 

.

Comentários

Mais Lidas