tragédia

CHUVA: Com alerta vermelho, veja previsão para as próximas horas em Pernambuco

O Inmet já havia, desde a quinta-feira, emitida um alerta de temporal para o litoral de Pernambuco e de outros estados do Nordeste, com possibilidade de até 200 mm de chuva

Elton Ponce
Elton Ponce
Publicado em 28/05/2022 às 12:33
Notícia
 Divulgação
Rua da Saudade, na Boa Vista, Centro do Recife, está totalmente alagada por conta das chuvas - FOTO: Divulgação
Leitura:

A chuva torrencial que deixou ao menos 23 mortos em Pernambuco neste sábado (28) deve continuar nas próximos horas. É o que diz a previsão do tempo da Agência Pernambucana de Águas e Clima, a Apac.

Segundo a presidente do órgão, Suzana Montenegro, o fenômeno deve perder força apenas no domingo. "Nossa previsão é de continuidade das chuvas no Grande Recife e matas sul e norte até nas próximas 24 hoas. O acumulado pode ultrapassar os 100 mm", disse.

O Inmet já havia, desde a quinta-feira, emitida um alerta de temporal para o litoral de Pernambuco e de outros estados do Nordeste, com possibilidade de até 200 mm de chuva.

E foi o que tragicamente aconteceu. Alguns municípios registraram mais de 300 milímetros. Veja o ranking:

  1. Botafogo, Itapissuma - 318,71mm
  2. Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes - 246,83mm
  3. Curado II, Jaboatão dos Guararapes - 246,52mm
  4. Ibura, Recife - 238,18mm
  5. Alto Bela Vista, Ibura, Recife - 228,99mm

Na quarta-feira passada (25), a chuva que atingiu o Grande Recife já havia deixado cinco mortos em vários pontos, seja em queda de barreiras ou em enxurradas.

PESSOAS DESALOJADAS OU DESABRIGADAS

Ainda de acordo com informações da Codecipe, 516 pessoas estão desalojadas e 249 pessoas estão desabrigadas.

Até as 6h da manhã deste sábado, 20 municípios registraram precipitações acima de 100mm, entre os quais o Recife (209mm), Jaboatão dos Guararapes (215mm) e São Lourenço da Mata (200,2mm). Itapissuma foi a cidade com maior notificação atingindo 318mm.

Ainda segundo o Executivo estadual equipes da Codecipe e do Corpo de Bombeiros foram reforçadas na Mata Sul com a instalação de uma base remota na cidade de Palmares.

Comentários

Mais Lidas