Prisão de ministro de Bolsonaro

Deputado bolsonarista comemora operação da PF contra ex-ministro Milton Ribeiro e reconhece que prisão atinge Bolsonaro

Milton Ribeiro foi preso, nesta quarta, por suspeita de corrupção dentro do governo Bolsonaro

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 22/06/2022 às 11:10 | Atualizado em 22/06/2022 às 15:27
Notícia
EVARISTO SA / AFP
Presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-ministro Milton Ribeiro - FOTO: EVARISTO SA / AFP
Leitura:

A prisão de Milton Ribeiro, ex-ministro de Jair Bolsonaro, pode respingar nos interesses do atual presidente de se reeleger. É que a suspeita de corrupção contra o ex-chefe do Ministério da Educação mina o discurso bolsonarista de que o atual governo é "livre de corrupção". 

Em entrevista à Andreia Sadi, da Globo News, o presidente da frente parlamentar evangélica, Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), reconheceu que a prisão de Milton Ribeiro pode atrapalhar a tentativa de Bolsonaro de se reeleger. 

"Sem dúvida, um desgaste eleitoral para o governo", disse o deputado federal, amplamente apoiador do governo Bolsonaro. 

"Boa notícia"

Também na entrevista à Andreia Sadi, Sóstenes comemorou a prisão de Milton Ribeiro e a classificou como uma "boa notícia". 

"Eu sempre disse isso: se tiver ilícito, que se afaste, apure e cadeia. Para nós, evangélicos, é uma boa notícia a punição", afirmou. 

.

Ex-ministro de Bolsonaro preso

Milton Ribeiro foi preso na manhã desta quarta-feira (22). O ex-ministro de Bolsonaro é investigado pela suposta prática de corrupção dentro do Ministério da Educação. 

De acordo com as denúncias, pastores indicados por Bolsonaro cobravam propinas a prefeitos para conseguirem liberação de verba da Educação para os municípios. 

Há prefeito dizendo que recebeu pedido de R$ 40 mil em propina. Outro prefeito diz que até ouro foi cobrado para poder ter a verba liberada. Entenda a denúncia, clicando aqui. 

Comentários

Mais Lidas