TRAGÉDIA

Veja quem era o diretor da Caixa Econômica Federal que foi encontro morto na sede do banco? Veja biografia

Diretor esteve envolvido no recebimento de denúncias contra o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 20/07/2022 às 9:31 | Atualizado em 20/07/2022 às 9:37
Notícia
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Diretor da Caixa Econômica Federal é encontrado morto na sede do banco - FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Um diretor da Caixa Econômica Federal (CEF) foi encontrado morto na terça-feira (19), num caso que deixou muitas pessoas chocadas.

O executivo, que tinha 54 anos, foi achado sem vida por vigilantes da Caixa ao lado do edifício-sede do banco em Brasília.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), que revelou o que pode ter acontecido com o diretor da Caixa (clique aqui e confira).

Em nota, a Caixa manifestou "profundo pesar pelo falecimento do empregado Sérgio Ricardo Faustino Batista", e disse que colabora com as investigações.

QUEM ERA O DIRETOR DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ENCONTRADO MORTO?

Natural de Teresina (PI), Sérgio Ricardo Faustino Batista passou a integrar o quadro de funcionários da Caixa em 1989, após ser aprovado em um concurso público.

Economista por formação, o exectuvi tinha mais de vinte anos de experiência de na área de Controles Internos e Risco.

Tanto é que Sérgio Ricardo assumiu a Diretoria Executiva Controles Internos e Integridade (Decoi) após aprovação em processo seletivo, no dia 9 de março de 2022.

O diretor da Caixa Econômica Federal tinha 54 anos e continuou no cargo mesmo após a demissão de Pedro Guimarães.

Antes de iniciar o cargo mais recente, Sérgio havia feito parte da equipe que assessorava o gabinete de Guimarães.

Ele se formou em Economia pela Universidade Católica de Brasília. Além disso fez MBA Executivo em Finanças pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC), pós-graduado em Estatística Aplicada pela Universidade de Brasília - UNB e foi mestre em Economia pela Universidade Católica de Brasília.

Comentários

Mais Lidas