Famosos

SIMONY: Veja detalhes sobre o câncer da cantora Simony e saiba como será o tratamento

A cantora chegou a explicar que está muito forte e cheia de confiança com o novo diagnóstico

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 03/08/2022 às 16:13
Notícia
Reprodução/ Instagram
Simony revela diagnóstico de câncer através do Instagram - FOTO: Reprodução/ Instagram
Leitura:

Nesta quarta-feira (3), a cantora brasileira Simony revelou para o público que acabou sendo diagnosticada com câncer no intestino. A artista compartilhou a notícia através de um vídeo publicado no Instagram e no momento estava acompanhada do médico Fernando Maluf.

.

Entenda o câncer de Simony

Durante o vídeo compartilhado, o médico responsável pelo tratamento da cantora afirmou que o tumor está localizado na região final do intestino, próximo à região do ânus. Ainda de acordo com o profissional, o câncer é conhecido como "epidermoíde".

"É um tumor que começou nesta região e tem alguns gânglios. Foi por causa de um desses gânglios na região da virilha que Simony percebeu que alguma coisa estava errada", iniciou o médico.

"Costumo dizer que esse gânglio me salvou. Muitas pessoas que você tratou com esse câncer estão curadas. Em mim não vai ser diferente. Estou pronta para essa luta! Vou deixar vocês acompanhar tudo, vou falando com vocês. Não quero que olhem para mim com dó e piedade", disse a cantora.

Tratamento do câncer

Ainda durante o vídeo, Fernando Maluf acrescentou que a primeira fase do tratamento deve durar apenas alguns meses.

"Essa é uma situação que tem tratamento, envolve quimio e radioterapia. Vai ser de alguns meses. E a gente tem esperança muito grande de que essa princesa vai ter uma história feliz, para ela, família e todos os fãs, além da equipe médica", finalizou.

Apesar do diagnóstico, a cantora deixou claro para os seus fãs que está bastante confiante: "Estou muito forte, estou muito confiante. Nunca entrei numa briga para não sair ganhando. Eu sou forte, estou com a maior animação para começar".

Com informações do site Metrópoles*

Comentários

Mais Lidas