MERCADO

Saiba os clubes interessados na contratação de Cristiano Ronaldo


O atacante português, de 36 anos, desperta o interesse de várias equipes europeias

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 01/07/2021 às 19:44
Divulgação/ FPF
FOTO: Divulgação/ FPF
Leitura:

Maior artilheiro de seleções com incríveis 109 gols marcados por Portugal; jogador que mais disputou a competição de seleções europeias (entrou em campo em cinco edições: 2004, 2008, 2012, 2016 e 2020); maior artilheiro da Eurocopa, com 14 gols; e o que mais venceu partidas: 12; além de ser o maior goleador da história do Real Madrid, com 451 gols; e também o atual maior artilheiro da Champions Legue (principal competição europeia de clubes), com 134 gols; além de cinco vezes eleito o melhor jogador do mundo (2008, 2013, 2014, 2016, 2017). Cristiano Ronaldo está no mercado.

Apesar de ter contrato com a Juventus até junho de 2022, a permanência do atacante português na Itália ainda não está definida. Aos 36 anos, CR7 sabe que esse deve ser o último grande contrato que deve fechar enquanto jogador profissional e, por isso, está analisando as possibilidades do mercado, principalmente porque as três primeiras temporadas na equipe de Turim não foram como o esperado.

Pela Juventus, Cristiano Ronaldo conquistou dois títulos italianos (2018/2019 e 2019/ 2020), além da Supertaça da Itália (2018 e 2020) e da Copa da Itália (2020/ 2021). Mesmo a Vecchia Signora não faturando o scudetto, o português terminou a competição nacional como o artilheiro, com 29 gols. Porém, o que acaba atrapalhando no desejo de CR7 em continuar no clube italiano é o fato de ter sido eliminado precocemente nas três edições que disputou da Liga dos Campeões: caiu nas quartas de final na temporada de estreia e, nas duas seguintes, foi eliminado nas oitavas de final.

Como o camisa 7 da seleção portuguesa ainda sonha em conquistar mais uma Champions League antes de encerrar a carreira, ele está analisando o mercado para saber qual o time mais competitivo para que ele possa alcançar o seu objetivo profissional. E, diante disso, alguns clubes já demonstraram o interesse em contar com Cristiano Ronaldo. Veja alguns deles.

PSG

Não é de hoje que o sheik catariano Nasser Al-Khelaifi, dono do Paris Saint-Germain, despeja rios de dinheiro no clube francês em busca do tão sonhado título da Champions League. Objetivo semelhante à ambição de Cristiano Ronaldo. Além disso, o PSG conta com um elenco estrelado: Neymar, Mbappé, Di María, Verratti, Marquinhos, Kimpembe, Navas... E que bateu na trave na edição 2019/ 2020, perdendo na final para o Bayern de Munique (1x0); e, na temporada passada, acabou sendo desclassificado na semifinal para o Manchester City.

Disposto a conquistar o inédito título, Nasser Al-Khelaifi deu carta branca paras as contratações e, para a atual temporada, o PSG já contratou o goleiro italiano Donnarumma, o lateral-direito marroquino Hakimi e o volante holandês Wijnaldum. Além do zagueiro espanhol Sergio Ramos, que deve ser anunciado nas próximas horas.

>>> De rival, a novo 'parça' de Neymar; Sergio Ramos acerta com o PSG

Diante da ambição do PSG de conquistar a Champions League, do elenco competitivo e do orçamento em caixa para acolher Cristiano Ronaldo, o clube francês é um potencial destino para o atacante português.

MANCHESTER UNITED

Clube que defende de 2003 a 2009, o Manchester United também está no páreo para contar com Cristiano Ronaldo. Pelo clube inglês, CR7 começou a se tornar a lenda que é atualmente. Suas primeiras grandes conquistas foram no lendário estádio de Old Trafford: Champions (2007/ 2008), três títulos da Premier League (2006/07, 2007/08, 2008/09), além da sua primeira premiação como melhor jogador do Mundo, eleito pela FIFA, em 2008.

Diante de todas as recordações positivas, a identificação com o clube e do poder aquisitivo que o Manchester United, um retorno de Cristiano Ronaldo para a Inglaterra é considerado como algo natural na Europa. Inclusive porque, segundo a própria imprensa europeia, a direção do clube inglês estaria disposta a envolver o volante Pogba na negociação para poder repatriar o atacante português - o jogador francês já defendeu a Juventus.

É bem verdade que o elenco do United não é tão badalado quanto o do PSG, mas, ainda assim conta com jogadores que atuam por suas seleções nacionais, casos do goleiro espanhol De Gea, do centroavante uruguaio Cavani, do atacante inglês Rashford, do meia português Bruno Fernandes e do zagueiro inglês Maguire.

REAL MADRID

Sem dúvidas, o período que esteve do Real Madrid foi o melhor de toda a carreira de Cristiano Ronaldo. Os números falam por si. O atacante de 36 anos passou uma década no Santiago Bernabéu, conquistando inúmeros títulos, quebrando recordes individuais e se tornando um dos maiores ídolos do clube espanhol.

Nos dez anos que defendeu a equipe madrilenha, CR7 se tornou o maior goleador da história do Real Madrid, com incríveis 451 gols. Além disso, faturou quatro Champions League (2013/14, 2015/16, 2016/17, 2017/18), dois títulos espanhóis (2011/12, 2016/17) e foi eleito quatro vezes o melhor do mundo enquanto defendia o Real Madrid.

Além disso, o técnico clube espanhol para atual temporada é o italiano Carlo Ancelotti, velho conhecido de Cristiano Ronaldo, com quem trabalhou no próprio Madrid e ambos tem enorme admiração um pelo outro. Ancelotti chega com a responsabilidade de promover uma reformulação no elenco madrilenho e uma possível chegada de CR7 é vista como positiva, já que ele seria uma referência dentro do elenco por toda a sua história no clube.

JUVENTUS

Mesmo não demonstrando muita satisfação na Juventus, Cristiano Ronaldo pode declinar do desejo de deixar o clube e permanecer na Itália. É bem verdade que a imprensa europeia noticiou que o atacante tinha levado seus carros de luxo para a Espanha (onde ele tem casa), antes do início da Eurocopa, aumentando os rumores de uma possível transferência.

Em meio a toda especulação envolvendo o nome de Cristiano Ronaldo, o novo diretor esportivo da Juventus, Federico Cherubini, informou em entrevista coletiva à imprensa italiana que 'não houve nenhuma sinalização por parte de Ronaldo ou da Juventus' para que ele deixe o clube.

Por outro lado, a emissora TVI, de Portugal, trouxe a informação nessa semana de que o camisa 7 da seleção portuguesa negocia para renovar contrato com a Juventus por mais duas temporadas - ele teria 39 anos após o término de contrato.


Mais Lidas