SARAMPO

Bebê morre com suspeita de sarampo em Taquaritinga do Norte


Amostras laboratoriais da criança vão ser analisadas para confirmar ou descartar a hipótese de sarampo

Publicado em 19/08/2019 às 13:27
Ricardo B. Labastier/Arquivo JC Imagem
FOTO: Ricardo B. Labastier/Arquivo JC Imagem
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) investiga a morte de um bebê de sete meses com suspeita de sarampo. A pasta foi notificada no último sábado (17) do óbito em Taquaritinga do Norte, no Agreste pernambucano. As amostras laboratoriais da criança serão encaminhadas para análise para confirmar ou descartar a hipótese.

Segundo a SES, até o momento, Pernambuco contabiliza cinco casos confirmados de sarampo. Quatro casos estão relacionados a pacientes que participaram de uma excursão para Porto Seguro, entre o final de junho e início de julho, e que tiveram contato com um paciente positivo de São Paulo. O quinto caso é de um adolescente de 18 anos de Taquaritinga do Norte, notificado ao Estado em 30 de julho. Com isso, até o momento, são dois casos confirmados no Recife, dois em Caruaru e um em Taquaritinga do Norte.

"As equipes da vigilância epidemiológica das Geres e do nível central estão empenhadas nas investigações dos casos suspeitos e nas atividades de prevenção e controle, com o intuito de analisar se há casos secundários e fazer o bloqueio vacinal dos contatos. Nós continuamos reforçando a importância da população estar devidamente imunizada contra o sarampo”, disse o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Ele também ressalta a importância de manter a vacinação em dia. “Desde a semana passada, passamos a vacinar as crianças a partir dos 6 meses em 9 municípios, para ampliar nossa rede de proteção, e continuamos com doses para atender a população de 1 ano até os 49 anos em todo o Estado. A vacina é gratuita e a medida mais eficaz para evitar que haja a reintrodução do vírus da doença em nosso Estado", afirmou.

A superintendente de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Catarina Melo, afirma que existe uma atenção maior com algumas cidades em Pernambuco , e por isso, foi criado um novo calendário vacinal para vacinar as crianças a partir dos 6 meses de vida.

"A vacina é a medida mais eficaz de controle para o sarampo. Precisamos manter a população bem vacinada. Neste momento, nos municípios de Recife, Paulista, Bezerros, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho e Salgueiro, nós estamos começando a vacinar a população a partir do sexto mês de vida", disse.

Em relação as outras regiões do Estado, Ana Catarina disse que deve ser mantido o calendário normal de vacinação.

"Nas outras regiões a gente precisa manter o calendário de vacinação em dia, como vacinar dos 12 meses aos 29 anos com duas doses, e a faixa etária a partir dos 30 aos 49 anos com dose única", explicou.

Ouça a entrevista na íntegra:


Mais Lidas