AÇÃO

IJCPM prorroga atendimento de ajuda no cadastro do auxílio de R$ 600

O Instituto JCPM está realizando um atendimento presencial para auxiliar a população que tem dificuldades de fazer o cadastro do auxílio emergencial

Publicado em 20/04/2020 às 15:03
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Diante da elevada procura da população de baixa renda para solicitar apoio no preenchimento do cadastro para ter acesso ao auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal, que é feito exclusivamente por meios digitais, o Instituto JCPM resolveu estender a ajuda e manter o funcionamento do atendimento presencial, nesta segunda-feira (20), na unidade localizada no RioMar, Zona Sul do Recife.

>> Instituto JCPM ajuda com cadastro do auxílio de R$ 600

Desde a última quinta-feira (16), o IJCPM montou uma estrutura para atender a população que tem enfrentado uma série de dificuldades para preencher o cadastro do auxílio emergencial, que será pago durante o período de distanciamento social causado pela pandemia do novo coronavírus. O cadastramento é feito exclusivamente por meio de site e aplicativos.

De acordo com a diretora de desenvolvimento social do Grupo JCPM, Lucia Pontes, o foco da ação é receber as pessoas que ainda não conseguiram se cadastrar.

“Hoje nós estamos o dia todo atendendo no Instituto JCPM para quem tem dúvida em relação ao cadastramento. Vamos ficar trabalhando até atender a última pessoa que precise fazer o cadastro. As pessoas de Brasília Teimosa que estão em maior vulnerabilidade estão nos procurando e estamos atentos, sempre a disposição para que elas possam ser atendidas de forma respeitosa. Essas pessoas não são números para nós. São nossos vizinhos e agora nós estamos nos mobilizando para ajudá-los nesse momento de tanta dificuldade”, afirmou.

Lucia Pontes ainda destacou outras atividades que estão sendo desenvolvidas pelo grupo neste período de pandemia da covid-19.

“Desde o início nós pensamos em fazer com que essas famílias fossem atendidas de forma muito rápida. Essa foi uma definição de seu João Carlos Paes Mendonça, que as famílias não poderiam ficar de forma nenhuma sem ter nossa assistência direta. Então nós identificamos os cadastros das famílias e começamos a distribuição de cestas básicas, considerando que deveríamos utilizar os mercadinhos locais, visando incentivar a economia também. Ou seja, assim nós fazemos uma ação que atende a dois segmentos importantes: Primeiro as pessoas e famílias, e os mercadinhos que precisam sobreviver”, detalhou.

Até esta segunda-feira (20), mais de 200 pessoas procuraram o atendimento no Instituto JCPM porque não conseguiam operar o aplicativo ou mesmo iniciar o processo de inscrição no site. Para tirar dúvidas sobre o cadastro, você pode enviar uma mensagem para o número (81) 9.9213-0616 e receber uma cartilha explicando o benefício. O IJCPM é localizado no RioMar e tem acesso próximo às torres empresariais.

Mais Lidas