Recife cria mais 52 UTIs para pacientes com coronavírus

Os novos leitos de UTI para pacientes com coronavírus já estão disponíveis

TRATAMENTO
Recife cria mais 52 UTIs para pacientes com coronavírus

Novos leitos já estarão disponíveis a partir de hoje. Ao todo o Recife chega a 160 novos leitos de UTIs em funcionamento. A expansão foi possível após a chegada de 87 respiradores adquiridos junto a um consórcio da Turquia - Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

A Prefeitura do Recife anunciou, nesta sexta-feira (5), a criação de mais 52 novas UTIs para atender os pacientes com coronavírus (covid-19), na cidade.

O prefeito Geraldo Julio comentou como as essas UTIs vão colaborar com o combate à doença no Recife. “Com esse aumento, a prefeitura que não tinha nenhum leito de UTI antes da pandemia, chega a um total de 212 novas UTIs para tender os pacientes da covid. Construídas e ativadas nessas últimas semanas após a decretação da pandemia”, disse.   

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que o Brasil é o atual epicentro do coronavírus no mundo e, segundo a entidade, que só a testagem em massa, além do isolamento social, pode conter o aumento de casos.

O secretário municipal de Saúde, Jailson Correia, comentou as medidas que estão sendo tomadas no Recife para ampliar o número de testagem. “É importante lembrar que poucas semanas atrás, Recife conseguia, junto com o estado de Pernambuco, processar 70 amostras por dia. Hoje esse esforço já chega a 15 mil amostras por semana, com a Prefeitura do Recife atuando ativamente. Fazendo testes que são os melhores disponíveis”, comentou.  

Testagens 

Segundo os dados oficiais divulgados diariamente pelo Ministério da Saúde, o Brasil está registrando mais de mil mortes por dia. Ontem, em Pernambuco foram confirmados mais de 100 óbitos, número que foi justificado pela Secretária Estadual de Saúde como sendo relativo a óbitos antigos e que tiveram um atraso na confirmação do diagnóstico. O secretário respondeu sobre a preocupação com os números. “Tanto é preocupante que nós estamos hoje apresentando novos leitos de UTI (...) O que nós temos dito é que, até aqui, o esforço conjunto da sociedade de Recife e Pernambuco tem evitando o colapso do sistema de assistência”, disse.

Durante a coletiva, o secretário voltou a afirmar que não desconsidera que a cidade adote novamente medidas mais rígidas.   

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.