Profissionais do setor de eventos cobram data para retomar atividades em Pernambuco

Em protesto realizado nesta terça-feira (1º) categoria pediu a volta dos eventos no estado

PANDEMIA
Profissionais do setor de eventos cobram data para retomar atividades em Pernambuco

Profissionais realizaram protesto nesta terça-feira (1º) para cobrar retomada das atividades - Foto: Wellington Lima/ JC Imagem

Empresários e trabalhadores do setor de eventos cobram uma data para retorno das atividades em Pernambuco. Nesta terça-feira (1º), representantes realizaram um protesto na área central do Recife para cobrar do Governo do Estado um prazo. Segundo a Secretaria da Casa Civil, uma comissão foi recebida pelo secretário-executivo de Articulação e Acompanhamento, Eduardo Figueiredo, e ainda nesta terça será realizada uma nova reunião por videoconferência para discutir o tema.

Ana Paula Góes diz que há 28 anos trabalha com eventos e cobra uma data. “O que nós precisamos hoje é uma data de retomada e o prazo (...) A gente tem um protocolo já feito, com medidas de segurança e muita responsabilidade. O que a gente quer é voltar a trabalhar. Ninguém aguenta mais ficar sem trabalhar. São seis meses [parados]”, afirmou.

Segundo Ana Paula, existem setores similares que já estão voltando à normalidade.

De acordo com o Plano de Convivência com a Covid-19, a volta dos eventos está prevista para a Etapa 10, mas ainda não tem data. 

Veja a nota completa da Casa Civil

A Secretaria da Casa Civil de Pernambuco informa que uma comissão formada por representantes dos trabalhadores da área de eventos foi recebida nesta terça-feira (01), no Palácio do Campo das Princesas, pelo secretário-executivo de Articulação e Acompanhamento, Eduardo Figueiredo.

Na ocasião, o secretário-executivo explicou que os protocolos de retomada da atividade estão sendo analisados e discutidos no Comitê Socioeconômico de Enfrentamento ao Coronavírus.

Ainda nesta terça-feira, às 16h, haverá uma nova reunião, por videoconferência, entre o segmento e representantes das secretarias da Casa Civil, de Desenvolvimento Econômico e da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.